Por Gabriel Moura

Na última segunda-feira (27) a Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) decidiu, em votação, pela venda do terreno onde fica o colégio Odorico Tavares, no Corredor da Vitória. 43 dos 63 deputados votaram o Projeto de Lei, que terminou com o resultado de 31 a favor e 12 contrários.

A votação foi secreta, apesar de pedido do líder da oposição, Targino Machado (DEM), recusado pelo plenário por 26 votos negativos contra 17 a favor. Entramos em contato com cada um dos 63 deputados através de seus gabinetes e assessorias para revelar o voto da maioria deles.

Toda os 19 deputados da oposição (composta pelos partidos DEM, PSDB, PSL, PRB e PSC e MDB) decidiram votar contra, apesar de apenas 10 estarem presente na hora de exercer sua vontade. A maioria se ausentou da sessão ao perceber que não iria vencer. É o caso do Soldado Prisco (PSC) que, após a aprovação do projeto, anunciou que entrou na Justiça para tentar barrar a venda do Odorico.

Os outros dois votos contrário foram feitos pelo deputado Hilton Coelho (Psol), que se define como “independente”, e Olívia Santana (PC do B) – a única dentre os 43 deputados governistas a se opor ao projeto.

Os seguintes deputados não foram localizados pela reportagem para que declarassem seus votos: Antônio Henrique Júnior (PP), Ivana Bastos (PSD), Janio Natal (PODEMOS), Niltinho (PP), Osni Cardoso (PT), Rogério Andrade Filho (PSD) e Zé Cocá (PP).

A situação se fechou em prol da venda argumentando que com o valor arrecadado, estimado em R$ 50 milhões pelo governo, seriam construídas diversas escolas.

“O produto financeiro da venda será aplicado no fomento da infraestrutura da rede pública de ensino do Estado da Bahia, voltado para ampliação e melhoramento da rede física escolar, reforçando o compromisso do Estado com a educação de qualidade”, disse o líder governista Rosemberg Pinto (PT).

Já o líder da oposição, deputado Targino Machado (DEM), definiu o projeto como “um crime que está sendo perpetrado contra a educação. O estado ganha quando se constroem escolas e não penitenciárias”, definiu.

Veja a lista completa:

  1. Aderbal Caldas (PP) – A favor
  2. Adolfo Menezes (PSD) – A favor
  3. Alan Castro (PSD) – A favor
  4. Alan Sanches (DEM) – Contra
  5. Alex da Piatã (PSD) – Ausente
  6. Alex Lima (PSB) – A favor
  7. Antônio Henrique Júnior (PP) – Não localizado
  8. Bobô (PC do B) – Ausente
  9. Capitão Alden – (PSL) – Ausente
  10. Dal (PP) – A favor
  11. David Rios (PSDB) – Ausente
  12. Diego Coronel (PSD) – A favor
  13. Eduardo Alencar (PSD) – A favor
  14. Eduardo Salles (PP) – A favor
  15. Euclides Fernandes (PDT) – Ausente
  16. Fabíola Mansur (PSB) – A favor
  17. Fabrício Falcão (PC do B) – A favor
  18. Fátima Nunes (PT) – A favor
  19. Hilton Coelho (Psol) – Contra
  20. Ivana Bastos (PSD) – Não respondeu
  21. Jacó (PT) – A favor
  22. Janio Natal (PODEMOS) – Não atendeu as ligações
  23. José de Arimateia (PRB) – Contra
  24. Júnior Muniz (PP) – Ausente
  25. Jurailton Santos (PRB) – Contra
  26. Jurandy Oliveira (PP) – Ausente
  27. Jusmari Oliveira (PSD) – Ausente
  28. Kátia Oliveira (MDB) – Contra
  29. Laerte do Vando (PSC) – Ausente
  30. Luciano Simões Filho (DEM) – Contra
  31. Marcelino Galo (PT) – A favor
  32. Marcell Moraes (PSDB) – Ausente
  33. Marcelo Veiga (PSB) – A favor
  34. Maria del Carmen (PT) – A favor
  35. Marquinho Viana (PSB) – A favor
  36. Mirela Macedo (PSD) – A favor
  37. Nelson Leal (PP) – A favor
  38. Neusa Cadore (PT) – A favor
  39. Niltinho (PP) – Não localizado
  40. Olívia Santana (PC do B) – Contra
  41. Osni Cardoso (PT) – Não atendeu as ligações
  42. Pastor Isidório Filho (Avante) – A favor
  43. Pastor Tom (PSL) – Contra
  44. Paulo Câmara (PSDB) – Contra
  45. Paulo Rangel (PT) – A favor
  46. Pedro Tavares (DEM) – Contra
  47. Roberto Carlos (PDT) – Ausente
  48. Robinho (PP) – A favor
  49. Robinson Almeida (PT) – A favor
  50. Rogério Andrade Filho (PSD) – Não atendeu as ligações
  51. Rosemberg Pinto (PT) – A favor
  52. Samuel Júnior (PDT) – Ausente
  53. Sandro Régis (DEM) – Contra
  54. Soldado Prisco (PSC) – Ausente na votação
  55. Talita Oliveira (PSL) – Ausente
  56. Targino Machado (DEM) – Contra
  57. Tiago Correia (PSDB) – Contra
  58. Tom Araújo (DEM) – Ausente
  59. Tum (PSC) – Ausente
  60. Vitor Bonfim (PL) – Ausente
  61. Zé Cocá (PP) – Não localizado
  62. Zé Raimundo (PT) – A favor
  63. Zó (PC do B) – Ausente

Com informações do Jornal Correio da Bahia

Compartilhar