O grafiteiro Jailson Galdino Souza dos Santos, 27 anos, conhecido como Scank, foi espancado e morto a tiros, na madrugada de quinta-feira, 13, no bairro do Imbuí, em Salvador.

De acordo com a polícia e populares, ele se preparava para um trabalho, na Avenida Jorge Amado, próximo ao Bate-facho, com um amigo, quando foi surpreendido por cinco homens armados.

Os suspeitos começaram a agredi-los. Scank foi baleado e morreu quando tentava fugir. O amigo, identificado como Jerry, também apanhou e foi levado para a UPA do Marback. Informações sobre o estado de saúde dele não foram divulgadas

Compartilhar