Suíca destaca interiorização da saúde com hospitais da Chapada e da Costa do Cacau

A interiorização da saúde promovida pelo atual governo estadual foi tratada pelo vereador de Salvador, Luiz Carlos Suíca (PT), como um avanço social para a população de baixa renda em toda a Bahia. Nesta terça-feira (7), Suíca destacou a construção dos hospitais da Chapada e da Costa do Cacau, localizados nos municípios de Seabra e Ilhéus, respectivamente. “Depois de entregar o hospital do Subúrbio e ampliar o HGE na capital, o governador Rui Costa segue ampliando o atendimento especializado de saúde para locais estratégicos, levando mais qualificação para as regiões da Chapada Diamantina e Sul da Bahia”, salienta o edil petista.

 

PUBLICIDADE        

Para Suíca, um novo e moderno hospital na região chapadeira vai auxiliar os municípios, inclusive com redução de gastos com combustíveis e diárias. “Muitos prefeitos falam dos gastos com ambulância para transportar pacientes para unidades de saúde em Feira de Santana e Salvador, além do gasto para manter esses pacientes em tratamento. Agora eles terão um hospital equipado como referência na região. Isso também serve para o sul da Bahia, que é ainda mais distante da capital”, salienta o vereador.

 

O petista também tratou das novas policlínicas, que deve especializar serviços em regiões diversas da Bahia. São quatros unidades que vão atender cerca de 2 milhões de pessoas dos municípios de Guanambi, Jequié, Irecê e Teixeira de Freitas. “Essas policlínicas não atendem urgências e emergências, quem faz isso são os hospitais. Não existe demanda espontânea, o atendimento lá é com agendamento via secretarias municipais de Saúde, que devem fazer parte do Consórcio que comanda a gestão da unidade”.

 

A primeira policlínica será inaugurada já agora no dia 17 de novembro, em Teixeira de Freitas, e vai atender a região do extremo sul. No dia 24, a população de Guanambi e municípios vizinhos recebem a unidade que vai ampliar e dinamizar o sistema de saúde da região. As policlínicas de Jequié e Irecê devem ser entregues no mês de dezembro. O governo de Rui Costa estima que nos dias 16 e 21 as unidades sejam inauguradas.

Compartilhar