Banco é invadido por bandidos no Corredor da Vitória; dois são presos

Gerente teve arma apontada para cabeça

A agência do Banco Santander no Corredor da Vitória, em Salvador, foi alvo de bandidos na manhã desta quarta-feira (11). Funcionários e clientes foram feitos de reféns por uma dupla armada, que invadiu o local por volta de 8h. Segundo informações preliminares, houve uma tentativa de roubo ao cofre banco.

Os bandidos, que ainda não foram identificados, estavam armados com uma pistola ponto 40 e um revólver calibre 357. “A gerente informou que colocaram a arma na cabeça dela”, disse o comandante de policiamento da PM, coronel Paulo Uzeda. Segundo ele, a polícia foi acionada pelo gerente geral do banco, que, de casa, tem acesso às imagens das câmeras do banco.

PUBLICIDADE        

Viaturas da Rondesp e até um helicóptero do Grupamento Aéreo da Polícia Militar foram acionados para a ocorrência. Segundo testemunhas, a Avenida Sete de Setembro foi fechada por policiais, durante 30 minutos, impedindo o acesso de veículos no local. Os bandidos foram presos após negociação.

Viatura no local (Foto: Milena Teixeira)

O sargento Rocha, da Rondesp, que estava na primeira viatura encaminhada ao local, contou que chegou a banco às 8h40 e tentou negociar com os bandidos.

“Eles falaram que iam ser render, mas que se alguém invadisse, que iam matar a vítima. As pessoas estão dentro do banco chorando porque passaram mal . Como é que não chora depois de ter tido uma arma apontada para a cabeça? “,disse o sargento.

Já o comandante de policiamento da PM, coronel Paulo Uzeda, informou que, assim que soube da ocorrência, começou a deslocar as viaturas e acionar a tropa especializada – o Batalhão de Operações Especiais (Bope).

“Pela própria natureza da operação, quem faz a primeira contenção tem a obrigação de isolar e começar a negociação. Isso foi feito e, por sorte, eles (bandidos) se entregaram logo. Não precisou estender muito a ação”, explicou o coronel. Segundo ele, houve uma tentativa de roubo ao cofre do banco.

No momento da ação, estavam na agência uma gerente, uma funcionária e clientes que estavam usando os terminais bancários e tiveram pertences roubados. Os bens – celulares, joias e dinheiro – foram recuperados pela polícia e entregues para as vítimas.

Três armas dos vigilantes do banco – que foram rendidos e desarmados pelos bandidos – também foram recuperadas pelos policiais.

Trânsito bloqueado
Cerca de dez viaturas foram deslocadas ao local e mobilizados aproximadamente 40 policiais de unidades distintas da PM. Mesmo após os bandidos terem sido presos, o Bope chegou por volta das 9h30 para fazer a varredura da agência e verificar se havia outro bandido escondido na agência.

Durante o período em que os bandidos permaneceram na agência,cerca de 30 minutos, o trânsito de veículos foi interditado no Corredor da Vitória e impedida a passagem de pessoas pela calçada do banco.

Movimentação de policiais na frente do Santander, no Corredor da Vitória
(Foto: Milena Teixeira)

De acordo o tenente Bruno, da 11ª Companhia Independente da PM (CIPM/Barra), a medida foi adotada para evitar maiores transtornos. “Diante de uma situação com pessoas armadas e reféns, temos que evitar que algo maior aconteça, uma situação mais grave. Temos que evitar que outras pessoas sejam pegas como reféns”, explicou.

Questionado sobre a possibilidade haver ligação entre o ataque de hoje e a ocorrência na mesma instituição bancária ontem, na Calçada, o coronel Uzeda explicou que a polícia não pode deixar nenhuma perspectiva fora da investigação, que será conduzida agora pelo Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco). Os bandidos que participaram da tentativa de assalto serão apresentados no final desta manhã no Draco, na Pituba.

A Secretaria da Segurança Pública informou que o assalto foi impedido por policiais da 11ª CIPM (Barra). “As equipes chegaram rápido e conseguiram alcançar a dupla ainda dentro da agência”, afirmou a comandante da unidade, major Patrícia Barbosa da Silvam explicando que as viaturas chegaram poucos minutos após o alarme da agência disparar, por volta das 8h.

Após a ação policial, todos que estavam na agência foram revistados e identificada a dupla responsável pela tentativa de roubo. A polícia informou também que vai solicitar as imagens das câmeras da agência para verificar como ocorreu a entrada dos bandidos.

Procurado, o Banco Santander se manifestou por meio de nota. A assessoria de comunicação da instituição confirmou a tentativa de roubo na agência e informou que está colaborando com as investigações policiais.

Não é a primeira vez
Em março de 2016, a agência da Vitória foi invadida por pelo menos sete homens. Os bandidos estavam armados com pistola, renderam os vigilantes da agência e roubaram as armas deles. Testemunhas contaram que os suspeitos chegaram de forma discreta e saíram sem chamar a atenção. Segundo informações da Polícia Militar, o bando teria procurado o gerente da agência, mas não o encontraram.

Sem conseguir localizar o funcionário, os bandidos roubaram dinheiro dos caixas do banco. De acordo com a PM, foram levados aproximadamente R$ 10 mil da agência. Além disso, o grupo ainda levou dinheiro e pertences dos clientes que estavam na agência no momento da ação. Após o roubo, os bandidos fugiram do local.

Outra ocorrência
Na manhã de ontem, outra agência do banco foi invadida por assaltantes na capital baiana, no bairro da Calçada. Cerca de 50 pessoas, entre clientes e funcionários, estavam na agência. A suspeita da polícia é que funcionários do banco estejam envolvidos na ação. Ainda de acordo com a PM, uma parte da quadrilha conseguiu fugir levando uma quantia em dinheiro enrolada num elástico e a mochila de uma pessoa que estava no banco. Todas as pessoas que estavam dentro da agência foram contidas pela polícia – já que havia a suspeita de que outros integrantes do grupo permaneciam dentro da agência.

Compartilhar