Vice-líder do governo na Câmara, o deputado federal baiano José Rocha (PL) quer que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) invista no Nordeste para conquistar o apoio do povo da região, que votou em sua maioria em Fernando Haddad (PT) na disputa presidencial de 2018. “Ele deve investir mais para conquistar essa região que foi hostil a ele durante a sua campanha. Não deu a ele uma votação que pudesse esperar. Acho que não se pega mosca com vinagre, mas com açúcar”, declarou, em entrevista à rádio Metrópole.

Rocha também falou sobre as dificuldades do governo Bolsonaro no primeiro ano. “Entre tapas e beijos, sobrou mais para beijos do que tapas. Nós tivemos um avanço muito grande no ano que passou. Tivemos avanços no Congresso Nacional aprovando reformas importantes para o país, como exemplo a reforma da Previdência. A economia começou a aquecer. Acho que no somatório temos um saldo positivo para todos nós”, afirmou. “Para governar, tem que governar com o Congresso. Não se governa sem o Congresso. E o presidente, inicialmente, deu grandes trombadas. Tivemos a serenidade do presidente Rodrigo Maia que conseguiu segurar e nós conseguimos aprovar projetos, apesar de o governo não ter conseguido formar uma base no Congresso Nacional”, acrescentou.

O deputado federal atribuiu a vitória de Bolsonaro em 2018 ao antipetismo e ao desgaste dos políticos tradicionais. Sobre a crise do PSL, que culminou com a saída do presidente do partido, Rocha afirmou que a sigla é “um ajuntado de pessoas, de políticos que se juntaram, se elegeram e tiveram um grande problema”. O parlamentar ainda se mostrou a favor da candidatura do ex-deputado federal Irmão Lázaro (PL) à prefeitura de Salvador no pleito deste ano. “Se o nosso Irmão Lázaro conseguir reunir as condições de ser candidato, acho que é um grande nome para ser um grande prefeito de Salvador”, pontuou, ao defender a candidatura de seu partido. “Acho que cada partido pensa no seu crescimento, na sua afirmação. Só cresce com candidaturas majoritárias. E uma candidatura em Salvador é de alta importância para afirmação do partido”, emendou.

Compartilhar