A VINCI Airports, cujo início da operação da concessão do Aeroporto de Salvador deu-se em janeiro de 2018, entregou hoje a primeira fase de obras de melhoria e ampliação deste aeroporto. A cerimônia de entrega contou com a presença de Tarcísio Freitas, Ministro de Infraestrutura da República Federativa do Brasil; José Ricardo Botelho, Presidente da Agência Nacional de Aviação Civil – ANAC; Rui Costa, Governador do Estado da Bahia; Antônio Carlos Magalhães Neto, Prefeito de Salvador, e Nicolas Notebaert, CEO da VINCI Concessions e Presidente da VINCI Airports.

 

As obras, que incluem a ampliação do terminal de passageiros e a construção de um novo píer com seis pontes de embarque, aumentaram a capacidade do aeroporto de 10 para 15 milhões de passageiros por ano. Com o objetivo de melhorar o desempenho operacional do aeroporto, a primeira fase de obras incluiu também a requalificação das pistas e ampliação do pátio de aeronaves. Para melhorar de maneira significativa a experiência dos passageiros, foram implementados um novo sistema de transporte de bagagens, uma área ampliada para as lojas, além de novos serviços, como Wi-Fi de alta velocidade totalmente gratuito.

 

O meio ambiente teve um enfoque importante nas obras. A VINCI Airports projetou e implementou iniciativas concretas, muitas das quais não estavam previstas no contrato de concessão. As iniciativas ambientais incluíram a construção de uma Estação de Tratamento das Efluentes, que permitiu o reuso de 100% da água no próprio aeroporto; uma Central de Resíduos e uma planta de energia solar.

 

O programa de obras representou um investimento de 700 milhões de reais. Os trabalhos foram realizados de maneira articulada com a VINCI Energies, sendo concluídos em apenas 18 meses. Durante todo o projeto, as obras foram escalonadas para acomodar o gerenciamento ideal do fluxo de passageiros e a movimentação das aeronaves, mantendo, desta forma, a atividade aeroportuária durante as intervenções.

 

Desde o início da concessão, a conectividade do Salvador Bahia Airport vem sendo continuamente expandida, com a abertura de oito novas rotas, incluindo voos diretos para Miami, Panamá, Ilha do Sal e Santiago do Chile. Na próxima fase de obras, a ser finalizada em outubro de 2021, o aeroporto continuará recebendo melhorias, como retrofit da praça de alimentação e instalação de mais balcões de check-in e pontes de embarque.

 

Nicolas Notebaert, CEO da VINCI Concessions e Presidente da VINCI Airports, declarou: “Estas obras de modernização ampliaram o potencial do aeroporto, transformando-o num portal eficiente e confortável para a Bahia. Os aspectos particularmente ambiciosos deste programa são uma referência na transição para infraestruturas sustentáveis. Parabenizamos o empenho exemplar das equipes do aeroporto e estamos felizes por comemorar este importante marco com todas elas”.

 

Compartilhar