A Bahia recebeu durante a madrugada desta sexta-feira, 18, uma nova remessa de vacina da Pfizer/BioNTech. Ao todo, são 183.690 doses do imunizante. Com isso, a aplicação da primeira dose que estava interrompida em Salvador desde a tarde da última quarta-feira, 16, volta a acontecer normalmente.

O secretario de Saúde da Bahia, Fábio Vilas Boas comemorou a chegada da nova remessa do imunizante que será utilizado apenas para aplicação da primeira dose. Nesta quina, Vilas-Boas anunciou que a campanha de vacinação do estado seguirá apenas critérios de idade, sem grupos prioritários.

A Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) chegou a esperar e anunciar o recebimento de 20 mil doses a mais do que o quantitativo que foi desembarcado em Salvador. Devido, a um erro de logística do Ministério da Saúde, a informação inicial de que a Bahia receberia mais 201.240 doses não foi concretizada.

Ainda nesta sexta, a Bahia também receberá 143.400 doses da Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan. Esses imunizantes , serão utilizadas também para a primeira e segunda dose.

Os imunizantes começarão a ser enviados nesta sexta para as regionais de saúde em aeronaves após conferência da equipe da Coordenação de Imunização do Estado. Elas serão remetidas, exclusivamente, aos municípios que aplicaram 85% ou mais das doses anteriores. Esta foi uma decisão da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), que é uma instância deliberativa da saúde e reúne representantes dos 417 municípios e o Estado.

Compartilhar