Um atentado terrorista cometido nesta sexta-feira (26) contra uma usina de gás em Saint-Quentin Fallavier, perto da cidade francesa de Lyon (centro-leste), deixou feridos, informaram diversas fontes. Um suspeito foi preso e já foi identificado, segundo o presidente francês, François Hollande.

2015-06-26t101403z_57269361

A cabeça de um homem decapitado, coberta de inscrições em árabe, foi encontrada pendurada em uma cerca próxima ao local.

“A intenção era, sem dúvida, causar uma explosão. Foi um ataque terrorista”, declarou Hollande a repórteres em Bruxelas, onde participava de uma cúpula de chefes de Estado e de Governo da União Europeia (UE).

O detido estava fichado pelos serviços de inteligência franceses. As autoridades estavam realizando investigações para determinar se ele tinha algum cúmplice.

“Segundo os primeiros elementos da investigação, um ou vários indivíduos, a bordo de um veículo, entraram na usina. Então ocorreu uma explosão”, informou uma fonte próxima ao caso.

Fora da usina atacada foi encontrada uma bandeira com inscrições em árabe, disse a fonte. “O corpo decapitado de uma pessoa foi achado nas imediações da usina, mas ainda não se sabe se o corpo foi transportado para lá ou não”, acrescentou.

france-attack-_fran

Segundo o jornal local “Le Dauphiné Liberé”, um veículo entrou na empresa Air Products, em uma zona industrial, e bateu contra vários botijões de gás dentro da fábrica, o que causou uma explosão na qual um número indeterminado de pessoas ficaram feridas.

O jornal declarou que o ataque ocorreu às 10h locais (5h de Brasília).

Compartilhar