Por Mário Bittencourt

A Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (Ifba) anunciaram nesta segunda-feira (16) medidas preventivas visando conter o avanço do novo coronavírus (Covid-19).

No Ifba, campus de Vitória da Conquista, as aulas e todas as atividades que aglomerem pessoas estão suspensas por três dias – desta segunda até quarta-feira (18), já as demais atividades acadêmicas e administrativas funcionam normal.

Foto: Divulgação/Uesb

Também foi criado o Comitê Central de Prevenção e Acompanhamento da Ameaça do Coronavírus (Covid-19). Na quarta-feira, será publicado comunicado, informando novas medidas, condicionada ao cenário atualizado. A Reitoria suspendeu, na sexta-feira (13), as atividades entre os dias 16 e 18 de março, mantendo somente serviços essenciais.

A Reitoria recomendou às Direções Gerais dos campi que “diante das especificidades locais e das situações de cada região/município, avaliem e tomem as decisões cabíveis para proteger suas comunidades”. Os campi do Ifba devem seguir as orientações dos órgãos sanitários dos seus municípios para contenção da pandemia.

Na Uesb (campus de Vitória da Conquista, Jequié e Itapetinga) estão suspensas por 30 dias eventos com mais de 100 pessoas, colações de grau, aulas de campo em cidades diferentes do campus sede do curso e atividades para pessoas a partir de 60 anos.

O comunicado oficial da Uesb informa ainda que nesta terça-feira “emitirá orientações relativas a outras atividades, como bancas de mestrado ou doutorado envolvendo avaliadores oriundos de outros estados da federação”.

As aulas da graduação, pós-graduação e as atividades administrativas e institucionais estão mantidas por enquanto. Nas três cidades onde a Uesb possui campus não houve ainda a confirmação de casos do novo coronavírus.

Nesta segunda, o Fórum dos Reitores das Universidades Estaduais da Bahia se reúne com a Secretaria da Educação (SEC) e com a Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab) discutir impactos da Covid-19 na realização das atividades de ensino no estado.

Casos suspeitos em Conquista
Em Vitória da Conquista, sede da reitoria da Uesb, há quatro casos suspeitos da doença em investigação, segundo informou a Prefeitura nesta segunda-feira (16). Os pacientes estão em isolamento domiciliar e têm síndrome gripal leve, sem sinais de agravamento.

A Prefeitura de Vitória da Conquista ainda não anunciou medidas de prevenção contra o avanço da Covid-19, como suspensão de atividades, eventos ou de aulas. Há apenas recomendações para que seja mantida a higiene e se evite aglomerações.

Jequié e Itapetinga ainda não registraram casos suspeitos do novo coronavírus, mas eventos foram cancelados neste final de semana em Itapetinga, como prevenção contra o avanço da doença.

A Prefeitura de Itapetinga cancelou o evento Jesus Vida Verão, que seria realizado neste domingo (15). O evento, segundo a Administração Municipal, “atrai pessoas de outras cidades e as bandas contratadas viriam de São Paulo ou fariam escala na capital paulista, onde já existem casos de transmissão comunitária, quando já não é possível identificar a trajetória de infecção do vírus”.

“Esperamos que encontremos logo solução para a pandemia e que a gente possa poder receber eventos grandiosos como o Jesus Vida Verão. Por enquanto, o mais prudente é evitarmos aglomerações”, disse o prefeito Rodrigo Hagge (MDB).

Também em Itapetinga, a Igreja Católica cancelou a procissão que realizaria neste domingo, como parte das comemorações da Festa de São José, padroeiro da cidade.

Na Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), entre Ilhéus e Itabuna, no sul da Bahia, o início das aulas da graduação do primeiro semestre, que começariam nesta segunda-feira foram adiadas para “preparar ações de enfrentamento à crise”.

Agora, a previsão é que as aulas comecem no dia 23 de março, mas nesse período outras atividades acadêmicas continuam a ocorrer normalmente. Não há caso suspeito de contaminação por coronavírus na Uesc.

Compartilhar