Ba-Vi informa1.com.br

Além da rivalidade que é travada por Bahia e Vitória no âmbito regional, os times baianos que fazem péssima campanha no campeonato brasileiro deste ano ainda têm outra briga particular, que é o afastamento da zona de rebaixamento do brasileirão. Como são adversários diretos para não serem rebaixados para a série “B” do próximo ano, o Ba-Vi do próximo domingo (21), às 16h na Arena Fonte Nova, válido pela 23ª rodada do campeonato, é considerado como um jogo de “seis pontos”. Depois do triunfo diante do Botafogo por 3 a 2 na última quarta-feira (17), o tricolor, que ocupa a 16ª posição com 23 pontos pode se distanciar ainda mais da zona de perigo e deixar o seu rival segurando a lanterna em último lugar com 21 pontos. Já o rubro negro, se vencer pode sair da zona de rebaixamento e empurrar o Bahia para o temido Z-4.

Apesar do desempenho ruim neste brasileirão, os representantes baianos na série “A” vêm de uma crescente nas últimas rodadas. O Bahia vem de dois triunfos convincentes, contra Figueirense (3 a 0) e Botafogo (3 a 2). Já o Vitória bateu o Fluminense no Barradão  na última quarta-feira (17) por  3 a 1, depois de estar perdendo por 1 a 0. Retrospectos que deixam os torcedores de ambas equipes bastante esperançosos, em um bom desempenho de suas equipes.

Números do Ba-Vi – Mesmo com  o equilíbrio alcançado pelo Vitória nos último anos,  através da conquista de alguns títulos regionais, o tricolor ainda leva vantagem na história dos Ba-Vis. Até maio deste ano, foram realizados 469 confrontos com 177 triunfos do Bahia, contra 147 do Vitória. A maior goleada do Bahia sobre o seu rival foi no dia 8 de Dezembro de 1939, Campo da Graça em jogo amistoso, onde o tricolor aplicou uma impiedosa goleada de 10×1.  Já o Leão da Barra aplicou a sua maior goleada contra o Bahia em 2 de Julho de 1948, no Campo da Graça, e também em jogo amistoso pelo escore de 7×1.

Texto: Jailson Trindade

Foto: Google Imagens

 

Compartilhar