Entrar numa espécie de balão e subir tão alto até ser possível ver a Terra. A descrição poderia ser de um sonho, mas é também a ideia da norte-americana Space Perspective, que anunciou planos de levar cidadãos comuns para fazer um “bate-volta” à estratosfera por 125 mil dólares por pessoa.

Com o primeiro teste sem tripulantes marcado para 2021, a nave espacial chamada Netuno tem capacidade para oito corajosos, além do piloto.

“Pela primeira vez, podemos tornar a emoção do voo espacial acessível, de maneira segura e confortável, com requisitos físicos mínimos e tão simples quanto embarcar em um avião”, diz o site da marca.

A viagem, que tem como ponto de partida o Kennedy Space Center, da NASA, deve levar 6 horas no total. São duas para subir até a estratosfera do planeta com a ajuda de um balão de hidrogênio do tamanho de um campo de futebol, mais duas planando pela borda. O restante do tempo é para o caminho de volta.

Space - Divulgação - Divulgação

Cápsula presa a um balão do tamanho de um campo de futebol

Imagem: Divulgação

Janelas instaladas do chão ao teto da cápsula prometem uma vista espetacular do trajeto, previsto para acontecer durante o amanhecer na Terra.

A empresa, que já está efetuando reservas, indica o passeio também para eventos especiais, como casamentos e entrevistas icônicas. Nesses casos, parentes e espectadores poderiam acompanhar a viagem de casa, por meio de live.

Compartilhar