A medida que restringe a circulação de pessoas e veículos  em Lauro de Freitas, das 20h às 5h  do dia seguinte, para diminuir a proliferação do coronavírus,  foi prorrogada até a próxima segunfa-feira (6) pela administração municipal. A decisão foi publicada em decreto, na última segunda-feira (29).  O funcionamento de mercados, supermercados, hipermercados e atacadistas fica estabelecido até às 19 horas de segunda a sábado e até  às 17 horas no domingo.

O município também decidiu que, a partir da próxima terça-feira (7), os moradores dos bairros de Vilas do Atlântico, Buraquinho e Pitangueiras só deverão ir às ruas em caso de extrema necessidade, conforme determina decreto publicado também na última segunda-feira (29). As medidas complementares regionalizadas nestes bairros se estendem até o dia 12 de julho. A decisão da Prefeitura faz parte de uma série de ações desenvolvidas pela administração municipal para enfrentamento da pandemia.

Já os bairros do Caji, Caixa D’água, Capelão, Areia Branca e Jambeiro, são as novas localidades que passaram a ter medidas restritivas regionalizadas, a partir desta quarta-feira (1/07), em Lauro de Freitas. Durante o período de restrições, que seguirá até o dia 6 de julho, a Prefeitura Municipal vai executar ações de apoio e proteção à vida, fiscalização de funcionamento de atividades comerciais, assim como o controle de circulação de pessoas e veículos nos espaços e vias públicas. Nos bairros de Portão, Vila Praiana, Ipitanga e Aracuí, as medidas serão finalizadas nesta terça-feira (30).

Apenas serviços considerados essenciais estão autorizados a funcionar durante os seis dias de restrições, como supermercados, panificadoras, açougues, farmácias, postos de combustível, agências bancárias e lotéricas, unidades ou serviços de saúde humana ou animal, de urgência e emergência, além de serviços públicos essenciais, funerárias, segurança privada, imprensa, telecomunicações, logística e transporte de alimentos e medicamentos.

Nos bairros de Caji, Caixa D’água e Quingoma as medidas abrangem uma área equivalente a 3 km de circunferência, tomando como ponto zero a Praça do Caji Caixa D’Água, na confluência da Rua das Mangueiras com a Avenida Gerino de Souza Filho. Nos bairros de Capelão, Areia Branca e Jambeiro foi considerada uma área de atuação também equivalente a 3 km de circunferência, tomando como referência a Praça em frente ao campo de futebol de Areia Branca, na Rua Dois de julho.

A Força-Tarefa de Fiscalização, que envolve agentes fiscais de seis secretarias municipais, irá intensificar as ações que faz cumprir o decreto por parte dos estabelecimentos comerciais, com o apoio da Guarda Municipal e parceria das forças policiais. Para a circulação de veículos ou pessoas nas áreas isoladas com barreiras de contenção, será exigido a exibição de comprovante de residência ou de qualquer documento apto a demonstrar que o deslocamento tem necessidade essencial.

De acordo com o último boletim epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde (SESA), no Caji 169 pessoas testaram positivo. Os últimos decretos – que podem ser consultados no site da prefeitura – estabelecem ainda a prorrogação da restrição noturna para veículos e pedestres, com vigência até o dia 6 de julho, e medidas mais restritivas para os bairros de Buraquinho e Miragem entre os dias 7 e 12 de julho .

No total, até esta segunda-feira (29), as equipes da Força-Tarefa fiscalizaram 180 estabelecimentos, nos bairros de Portão, Vila Praiana, Ipitanga e Aracui. Destes, 56 foram orientados a fechar e seis notificados. Nas barreiras sanitárias montadas pela Prefeitura foram feitos 1.225 testes rápidos para diagnóstico da Covid-19 e identificados 375 casos positivos. Abordagens veicular totalizaram 3.945 nas quatro localidades. As medidas serão encerradas nesta terça-feira (30).

Lauro de Freitas chegou ao número de 1.979 pessoas infectadas e 33 óbitos. 387 já estão curadas, 22 continuam internadas e 1.537 seguem em recuperação. A Prefeitura já adotou várias medidas para diminuir a curva de contaminação e conta com a colaboração de todos para vencer a pandemia. Mantenha o distanciamento social, faça regularmente a higiene das mãos e ambiente, e use máscara sempre que precisar sair.

Compartilhar