O Tribunal de Justiça da Bahia economizou R$ 3,2 milhões com a revisão de contratos firmados pelo órgão. A redução ocorreu nos primeiros 40 dias da gestão do presidente Lourival Trindade.

Os dados foram apresentados à direção do TJ-BA pelo secretário de Administração, Fabrício Ferreira. Os contratos revistos são da área de prestação de serviços. Além disso, houve avaliação também de diárias e licitações.

“Para tal resultado, medidas como revisão e renegociação dos contratos e, quando necessário, realização de novas contratações, vêm sendo tomadas, garantindo a otimização dos recursos públicos”, explicou o TJ-BA.

Compartilhar