Por Observatorio de Games

The Last of Us II foi lançado mundialmente no último mês, conquistando não apenas a crítica especializada, como também batendo recordes de venda e dando um ponto final a uma história iniciada sete anos atrás. Porém, há uma dúvida que paira na cabeça de alguns fãs que já finalizaram TLoU 2, e é relacionada ao monstrengo intitulado como ‘Rei dos Ratos‘: Como ele surgiu?

Anteriormente, já enfrentamos os zumbis no primeiro game, mas a nova criatura que dá as caras nessa sequência é páreo duro em combate. Mas já vai um spoiler, ele não é uma nova raça de zumbi, e sim uma anomalia vinda de uma mutação de vários corpos infectados.

De acordo com o comentário de Nora, antes de Abby encontrá-lo, é dito que a criatura na verdade eram os primeiros infectados de Seattle que foram trancados numa ala hospitalar. Após tantos anos num ambiente fechado com direito a esporos – estaladores, corredores e baiacus se fundiram em um organismo único, se tornando a criatura tão “apelona” que encontramos.

Se você notar, após receber um dano considerável, o Rei Rato se desfaz, indicando que algumas criaturas podem se separar do monstro para matar por si próprias. Mesmo assim, todos as zumbis que fazem parte do corpo estão unidas em um só, a ponto de demolir paredes com sua força para conseguir um simples pedaço de carne.

Mas o por que do nome? simples, no mundo real, o termo de origem alemã se dá a ratos que ficam presos a cauda de outros, e com o tempo, a carne de ambos se unem, podendo ser chamado de Rei dos Ratos. O mesmo pode se aplicar a o monstro que enfrentamos

Somente em TLoU 2 o rei rato foi visto, e o no fim, o próprio foi morto por Abby. The Last of Us Parte 2 está disponível apenas para PS4.

Compartilhar