Por Mariana d’Ávila – Infomoney

As taxas dos títulos públicos negociados via Tesouro Direto apresentam queda na manhã desta segunda-feira (25), dia de feriado no Estado de São Paulo e também nos Estados Unidos. Com uma agenda mais fraca de indicadores, investidores monitoram perspectivas de maior contração da atividade brasileira neste ano e menor espaço para alta da Selic em 2021 e 2022.

De acordo com o relatório Focus, divulgado pelo Banco Central nesta manhã, a mediana das projeções para o desempenho do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro caiu pela 15ª vez consecutiva, e, agora, os economistas veem uma retração da economia de 5,89% em 2020, ante expectativa anterior de retração de 5,12%.

Já para 2021, o mercado elevou a estimativa de crescimento, de 3,20% para 3,50%.

Em relação à taxa básica de juros, a expectativa é de que a Selic suba para 3,29% ao ano em dezembro de 2021 e para 5,13% a.a., ao fim de 2022. No último levantamento, as projeções eram de alta a 3,50% e a 5,25% ao ano, respectivamente.

Para este ano, a estimativa foi mantida em 2,25% a.a., com um corte de 0,75 ponto percentual na próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), em junho.

Em meio à fragilidade da atividade brasileira, as expectativas para inflação também foram novamente reduzidas, de alta de 1,59%, em 2020, para 1,57%, e de 3,20% para 3,14%, em 2021.

Mercado hoje

No Tesouro Direto, o título indexado à inflação com prazo em 2026 pagava uma taxa de 2,96% ao ano, ante 3,08% a.a. na tarde de sexta-feira (22). Os papéis com prazos em 2035 e 2045, por sua vez, pagavam uma taxa anual de 4,18%, ante 4,31% a.a. anteriormente.

Entre os papéis prefixados, o juro do título com vencimento em 2023 recuava de 4,56% para 4,43% ao ano, enquanto o prêmio pago pelo Tesouro Prefixado com juros semestrais 2031 recuava de 7,57% para 7,33% ao ano.

Confira os preços e as taxas dos títulos públicos ofertados nesta segunda-feira (25):

Fonte: Tesouro Direto

Noticiário externo

Com a agenda esvaziada nos Estados Unidos, por conta do feriado de Memorial Day, os investidores monitoram dados econômicos na Europa e notícias sobre tratamentos para o coronavírus.

Na zona do euro, foi divulgado hoje o índice de confiança do empresário na Alemanha, que subiu de 74,2 pontos em abril para 79,5 pontos em maio, mostrando uma melhora nas perspectivas econômicas para a maior economia da Europa.

Compartilhar