O presidente interino Michel Temer já discutiu com auxiliares quem poderia suceder o ministro Romero Jucá no Planejamento caso ele saia do cargo.

Diante da gravidade da situação e da possibilidade de Jucá não conseguir se explicar a ponto de a imprensa diminuir a cobertura sobre o tema, Temer fez vários desenhos.

Num deles, imaginou Moreira Franco, secretário de Parcerias, no Planejamento. Chegou a sondá-lo na presença de outros assessores palacianos, mas o peemedebista não teria interesse no cargo.

Temer e outros ministros falaram também sobre a possibilidade de Moreira Franco ser deslocado para a Casa Civil e o atual ocupante do cargo, Eliseu Padilha, virar ministro do Planejamento.

A ideia, no entanto, não agradou a nenhum dos dois, que devem permanecer onde estão.

O presidente interino seguiu dizendo, no entanto, que prefere aguardar a repercussão das falas de Jucá antes de decidir se ele fica ou não no Planejamento.

Compartilhar