A tartaruga-de-couro, conhecida também como tartaruga gigante, que encalhou em praias do sul da Bahia, foi levada para a sede do Projeto Tamar, em Mata de São João, cidade da região metropolitana de Salvador. A informação foi confirmada neste domingo (25) pelo Instituto Do Meio Ambiente E Recursos Hídricos (Inema) e também pelo projeto.

Segundo o órgão, a transferência ocorreu durante trabalho conjunto do Inema com especialistas da ONG Coração de Tartaruga, no sábado (24).

De acordo com Luciana Medeirros, assessora de pesquisa da Coordenação Nacional de Pesquisa e Conservação da Fundação Projeto Tamar, a trataruga está em reabilitação e ainda não há previsão de retorno dela ao mar, por causa do quadro de saúde .

Segundo o Projeto (A)mar, que trabalha no monitoramento e preservação de tartarugas, o animal, que é uma fêmea adulta com cerca de 2 metros, está ameaçado de extinção.

A tartaruga foi achada encalhada pela primeira vez em Ilhéus, cidade do sul da Bahia, no dia 15 de outubro, com uma das nadadeiras dianteiras amputadas.

Ela estava debilitada quando foi encontrada e foi analisada e estabilizada pelos ambientalistas. Após a avaliação, ela foi devolvida em uma praia onde o mar é mais calmo, sem ondas.

Já na quinta-feira (22), ela foi encontrada encalhada na praia de Piracanga, em Maraú, distante quase 150 km de Ilhéus.

Como ela foi achada em uma região pesqueira, a suspeita é que o encalhe tenha sido provocado por emalhe em materiais de pesca. O animal que, na ocasião, estava bastante debilitado foi resgatado por equipes do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema).

Desde que foi solta, após o primeiro encalhe, a tartaruga estava sendo monitorada à distância. A fase de alerta do monitoramento dura entre 72 horas e 96 horas, mas o animal foi encontrado 104 horas depois de ser devolvido ao mar, quando essa etapa já tinha sido encerrada.

De acordo com os ambientalistas, tartarugas-de-couro conseguem sobreviver em vida livre mesmo com uma só nadadeira dianteira. Conforme informações do Projeto (A)mar, a tartaruga-de-couro é uma espécie oceânica e se aproxima da costa durante o período reprodutivo. Mesmo sendo rara, animais da espécie têm sido encontrados pelo país.

Ameaçada de extinção, tartaruga rara é encontrada encalhada em praia na Bahia  — Foto: (A)mar/Divulgação

Ameaçada de extinção, tartaruga rara é encontrada encalhada em praia na Bahia — Foto: (A)mar/Divulgação

Compartilhar