Três suspeitos de fazer parte de uma quadrilha que agia usando fardas da Polícia Militar foram presos na manhã desta sexta-feira (19), durante operação da Corregedoria Geral da Secretaria da Segurança Pública (SSP).  Um dos presos é um guarda municipal de Cachoeira, no Recôncavo baiano.  Na mesma ação, a polícia apreendeu arma, simulacros, munições e fardamentos.

Segundo a SSP, a quadrilha desmantelada era responsável por roubos, extorsões com uso de sequestro e também homicídios na capital baiana. Entre as ações de responsabilidade deles estão dois assaltos contra a Claro, no Itaigara, e o Pão de Açúcar, no Stiep, no início desse ano.

Com o trio, os policiais apreenderam três simulacros de pistola, um revólver calibre 38, munições, coletes balísticos, algemas, fardas da PM, entre outros objetos. Os três presos passam por exames e interrogatórios no Departamento de Polícia Técnica (DPT) e depois serão encaminhados ao sistema prisional.

Deram apoio à Corregedoria Geral da SSP, equipes da COE, DHPP e Draco, da Polícia Civil, e da Patamo do Batalhão de Choque da PM.

Compartilhar