Um suspeito de traficar drogas e abastecer uma facção no Nordeste de Amaralina, foi preso em sua casa, no Alto do Itaigara, com R$ 58 mil em espécie. Rodolfo Borges Barbosa de Souza, 28 anos, morava na Mansão Ilha de Delfos. Ele foi preso nessa terça-feira (24).

Segundo informações da Secretaria da Segurança Pública (SSP), equipes da 40ª CIPM (Nordeste de Amaralina) e da Rondesp BTS, após denúncias anôninas, montaram bloqueios e surpreenderam o criminoso que dirigia um carro de luxo modelo Audi A5, placa RCQ0B07. No momento da prisão, ele chegou a oferecer R$ 100 mil em espécie e armas para ser liberado.

Dinheiro apreendido com Rodolfo no Alto do Itaigara
(Foto: Divulgação/SSP)

No apartamento de Rodolfo, os policiais encontraram porções de skank e haxixe, além de anotações do comércio de entorpecentes e armas, dois celulares modelo Iphone e joias. O criminoso e os materiais apreendidos foram apresentados no Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco). À polícia, ele confessou que vendia drogas no Alto do Itaigara.

“Atuamos todos os dias contra traficantes. Somos cobrados pelos últimos homicídios, decorrentes das disputas entre criminosos, mas a sociedade precisa ajudar. O consumo de drogas financia armas e patrocina essas mortes. Nesse caso, esse indivíduo gerenciava a distribuição de drogas e também vendia, tudo isso em um bairro nobre da capital”, destacou o comandante do Policiamento Regional (CPR) Atlântico, coronel Manoel Xavier.

Drogas em festa
Em 2012, Rodolfo foi preso junto com um estudante de Direito, na casa onde morava, no bairro da Boca do Rio, também por tráfico de drogas. Com eles mais de meio quilo de maconha já embalada para venda, seis tubos de lança perfume e cerca de 50 gramas de haxixe.

Na época, a Polícia Civil informou as drogas seriam comercializadas em uma festa de música eletrônica realizada em Salvador.

Compartilhar