O homem suspeito de matar duas mulheres e balear outras três pessoas durante uma discussão em um bar, no bairro de Águas Claras, em Salvador, foi preso nesta quarta-feira (16). Jefison Santana Cardoso, o Jefinho, 21 anos, é apontado pela polícia como o autor do crime que aconteceu no sábado (12). Um policial civil também ficou ferido.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP), o mandado de prisão temporária contra Jefinho foi cumprido nesta tarde, por agente do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Jefinho após a prisão (Foto: Divulgação/ SSP)

A polícia contou que o crime ocorreu em um bar, depois que Jefinho se desentendeu com Maricélia da Silva Santos, proprietária do estabelecimento. Após a discussão, ele teria deixado o local e retornado, em seguida, com duas armas. Além de Maricélia, também foi baleada Deise Vitória Teles Silva. As duas não resistiram aos ferimentos.

No momento do atentado, um policial civil estava no bar. Ele, o filho e o sobrinho dele também foram atingidos pelos disparos e socorridos para unidades hospitalares. Os nomes das vítimas e dos hospitais não foram divulgados.

A SSP informou também que Jefinho vai responder por homicídio e tentativa de homicídio, está à disposição da Justiça e será encaminhado para o sistema prisional. A 2ª Delegacia de Homicídios (DH/Central) dará continuidade às investigações, para identificar outros envolvidos no crime.

Compartilhar