Um homem suspeito de chefiar uma quadrilha de roubo de carros morreu após um confronto com policiais civis, no bairro do Lobato, no subúrbio de Salvador. O caso aconteceu na quinta-feira (27). Um comparsa do homem foi preso em flagrante com um revólver calibre 38 e seis munições.

De acordo com a Polícia Civil, o caso aconteceu durante uma operação que envolveu policiais do Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP) e da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DRFRV), para cumprimento de mandado de prisão preventiva contra o suspeito, que não teve o nome divulgado.

Segundo a polícia, na abordagem, o suspeito resistiu à prisão e trocou tiros com os agentes. Ele chegou a ser socorrido para uma unidade de saúde, mas não resistiu aos ferimentos.

A polícia informou que a quadrilha era responsável por roubos de veículos em bairros de Salvador e Lauro de Freitas, na região metropolitana, como Stella Maris, Vilas do Atlântico e Itinga.

Na ação, foram apreendidos com a dupla, um carro com restrição de roubo e placa clonada, além de outra arma e 20 munições, também calibre 38, duas capas de coletes antibalísticos, 25 trouxas de maconha e uma balança de precisão.

O homem preso foi autuado em flagrante e encaminhado para exames de lesões corporais.

Compartilhar