Preocupado com a garantia da segurança alimentar e nutricional da população mais vulnerável socioeconomicamente em Salvador, o vereador Luiz Carlos Suíca (PT) encaminhou uma indicação direcionada ao Ministério da Cidadania, comandado pelo pernambucano João Roma (Republicanos). O ofício foi enviado via Câmara de Vereadores durante esta semana, considerando os efeitos econômicos causados pela pandemia da covid-19 e pede diretamente a doação de ao menos um milhão de cestas básicas para famílias da capital.

 

“Milhões de pessoas encontram-se impossibilitadas de exercerem suas atividades laborais por conta da necessidade de isolamento social. E temos essa obrigação de mantermos níveis mínimos de segurança alimentar para a população de baixa renda da cidade. Os municípios e estados têm desprendido todo esforço possível para amenizar os efeitos da crise, e precisam que o governo federal ofereça ajuda na direção de aplacar a fome de milhares de famílias soteropolitanas”, descreve Suíca.

 

De acordo com o vereador petista, o ministro João Roma conhece a situação da Bahia e de Salvador e que essa ação é fundamental para conter a fome no estado e no Nordeste, que tem crescido a cada dia. “Cestas básicas para a cidade de Salvador é trivialidade. Vai ajudar a termos níveis mínimos de segurança alimentar para a população. É fundamental que a gente reforce isso e busque destravar medidas que vão ajudar diretamente o povo que mais precisa. Não podemos deixar de cobrar e sei que isso é o mínimo que podemos fazer”, completa o petista.

 

Compartilhar