Com causa da morte sob investigação, o líder comunitário Arnaldo Anselmo, 50 anos, foi homenageado por membros do mandato do vereador Luiz Carlos Suíca (PT) e do SindilimpBA assim que souberam do falecimento precoce neste domingo (7). Em redes sociais e por aplicativo de mensagens, o edil e a direção do sindicato emitiram pesar e destacaram a atuação de Arnaldo no bairro de Nova Constituinte – local que ajudou a construir. “Uma pessoa comprometida com o bem-estar social da população, que sempre pensava no coletivo. Incansável trabalhador, sempre com palavras de conforto para manter a esperança por dias melhores, seja na localidade em que atuava ou em qualquer outra que visitava”, aponta Suíca.

Arnaldo era membro do mandato do vereador e um dos responsáveis por formar novas lideranças, por meio de plenárias de formação e deixa um legado de defesa dos direitos humanos e das minorias. “Ninguém, jamais, poderá apagar o que Arnaldo fez por Salvador. É mais um momento difícil que vivemos nesta crise sanitária, onde não podemos nos despedir dos nossos amigos e irmãos. Que Deus conforte o coração de todos amigos e familiares neste momento de dor”, completa. O líder comunitário de Nova Constituinte estava internado no Hospital Municipal de Salvador, após se sentir mal e testar negativo para covid-19.

Compartilhar