Com a reabertura de diversos setores do estado após a diminuição dos índices epidemiológios da Covid-19, o setor de serviços da Bahia voltou a crescer e apresentar evolução nos últimos meses. Além disso, os serviços turísticos também voltaram a crescer e apresentaram a maior alta do Brasil.

De acordo com levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em agosto, o volume do setor de serviços na Bahia avançou 1,7% na comparação com o mês anterior, mostrando o primeiro resultado positivo após dois meses de queda. Os dados são da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS) do IBGE.

Foi um desempenho acima do verificado no país como um todo (0,5%) e o sexto melhor resultado entre as unidades da Federação. Com esse resultado positivo na comparação com o mês anterior, os serviços baianos voltaram a ficar em um patamar superior ao registrado antes da pandemia da Covid-19. Em agosto, o volume de serviços prestados no estado ficou 1,6% acima de fevereiro de 2020.

Além do crescimento frente a julho/21, na comparação com agosto de 2020, os serviços na Bahia seguiram com aumento importante (26,8%).

Foi o quinto resultado positivo nessa comparação com o mesmo mês do ano anterior e o quarto maior avanço para o setor no estado em toda a série histórica da PMS (iniciada em 2012 para esse indicador), sendo o melhor resultado para um mês de agosto.

Assim, no acumulado de janeiro a agosto de 2021, frente ao mesmo período de 2020, os serviços baianos cresceram 11,6%, sustentando um resultado positivo e acelerando em relação ao crescimento acumulado até julho (de 9,5%). Com isso, a taxa passou a ser quase idêntica à do país como um todo (11,5%), sendo a 15ª entre as 27 unidades da Federação. Todos os estados mostraram avanço nesse indicador.

Turismo

Em agosto, as atividades de serviços ligadas ao turismo na Bahia seguiram crescendo 1,4% frente ao mês anterior (com ajuste sazonal). Foi a quarta alta consecutiva para o indicador.

Nessa comparação, apesar do crescimento, o resultado baiano ficou abaixo do registrado no país como um todo (4,6%), tendo apenas o 8º melhor índice entre os 12 estados onde o agregado de turismo é pesquisado separadamente. Os melhores resultados ficaram em Goiás (8,8%), Paraná (5,4%) e Ceará (5,1%).

No entanto, de janeiro a agosto de 2021, os serviços ligados ao turismo na Bahia também apresentaram o maior crescimento do país (42,9%). Em um resultado bem superior ao do país como um todo (17,7%).

Além disso, no acumulado nos 12 meses encerrados em agosto, os serviços turísticos baianos voltaram a apresentar crescimento (9,7%). Este é o 2º melhor resultado do país, inferior apenas ao de Goiás (15,3%).

Compartilhar