Sem data marcada, governador diz que aulas devem voltar antes da maioria ser vacinada — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Sem data marcada, governador diz que aulas devem voltar antes da maioria ser vacinada — Foto: Reprodução/Redes Sociais

O governador Rui Costa anunciou nas redes sociais que as atividades escolares serão retomadas antes da maioria da população ser vacinada. Apesar disso, Rui disse que ainda não é possível estabelecer uma data, enquanto a ocupação dos leitos da Covid-19 se mantiverem altos.

“Vamos voltar às aulas, sim. A retomada das atividades escolares acontecerá antes da maioria da população ser vacinada, mas não podemos ser irresponsáveis em estabelecer uma data enquanto a ocupação de leitos e o número de mortes se mantiver nos níveis atuais”.

Até as 9h25 desta quarta, a Central Integrada de Comando e Controle da Saúde contabilizava 68% de ocupação de leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) para adultos na Bahia e 67% para leitos pediátricos.

De acordo com Rui, as escolas estão sendo preparadas com mais equipamentos e materiais de prevenção do coronavírus, além da preparação de um plano de alternância das aulas.

“Estamos preparando as escolas com mais pias, álcool em gel e equipamentos de proteção. Já fizemos um plano de alternância de turnos de aulas para evitar a lotação das salas”.

Sem data marcada, governador diz que aulas devem voltar antes da maioria ser vacinada — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Sem data marcada, governador diz que aulas devem voltar antes da maioria ser vacinada — Foto: Reprodução/Redes Sociais

O governador da Bahia disse ainda que vai entrar com ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para pedir que professores sejam enquadrados como público prioritário da vacinação.

“Vamos ao STF para pedir que os professores sejam considerados público prioritário na vacinação. Estamos ajustando tudo para dar segurança e condições sanitárias e pedagógicas de retorno aos estudantes, professores e demais profissionais da educação. Não podemos admitir outro ano sem aula e comprometer o futuro, os sonhos e os planos de milhares de estudantes”.

As aulas na Bahia estão suspensas desde março de 2020. O primeiro decreto foi publicado no dia 18, e desde então vem sendo renovado cada vez que vence, como medida de prevenção da Covid-19. A última prorrogação foi feita no dia 29 de janeiro e vale até 7 de fevereiro.

Compartilhar