O bairro de São Marcos passa a estar entre os que têm medidas restritivas a partir de sábado (6), segundo anunciou nesta quinta o prefeito ACM Neto.

Segundo os dados, são 230 casos de covid-19 em São Marcos – 215 nos últimos 30 dias e 156 nos últimos sete dias. São sete mortes pela doença no bairro. A princípio, o bairro fica com as medidas por sete dias, podendo ser renovado caso não haja melhora.

“Eu vinha há algum tempo alertando para a situação de São Marcos. Vinha chamando atenção que São Marcos era um dos bairros que se destacava pelo volume de crescimento dos casos de coronavírus. É um bairro também que tem intensa atividade econômica, daí a necessidade de promovermos essas ações de interdição total da atividade econômica por pelo menos sete dias”, pontuou o prefeito.

“Chegou a hora de entrar em São Marcos e peço a contribuição dos moradores, dos trabalhadores, das pessoas que estão no dia a dia do bairro”, afirmou.

Fica suspensa a realização de qualquer atividade econômica, formal e informal, no bairro, só sendo permitido o funcionamento de daquelas consideradas essenciais, a exemplo de supermercados, farmácias e estabelecimentos que utilizam o sistema de delivery, sem retirada no local, além de serviços de saúde.

Depois de duas semanas, o prefeito anunciou também que Cosme de Farias não terá mais as medidas. “Nós ficamos no bairro de Cosme de Farias exatamente por 14 dias e estou anunciando a conclusão do trabalho lá. A gente entende que conseguiu importantes conquistas, reduzimos o número de novos casos de coronavírus, a taxa de crescimento, a velocidade de crescimento do coronavírus lá. Conseguimos fazer um trabalho de conscientização da comunidade”, avalia.

Desde que começaram as ações de isolamento setorizado,  17.689 testes rápidos foram feitos e destes 2.985 deram positivo.

Fonte: Gil Santos com informações do Correio da Bahia

Compartilhar