A Santa Casa de Misericórdia de Valença vai receber R$ 2,9 milhões do Ministério da Saúde. A instituição foi uma das contempladas pelo ministério com a segunda parcela do auxílio emergencial para hospitais filantrópicos. O valor será destinado à adaptação física e equipagem da UTI daunidade. O plano de trabalho já está sendo construído.

De acordo com o Art. 3⁰ da portaria divulgada em 29 de maio de 2020, “a integralidade do valor do auxílio financeiro recebido nos termos desta Lei deverá ser, obrigatoriamente, aplicada na aquisição de medicamentos, de suprimentos, de insumos e de produtos hospitalares para o atendimento adequado à população, na aquisição de equipamentos e na realização de pequenas reformas e adaptações físicas para aumento da oferta de leitos de terapia intensiva, bem como no respaldo ao aumento de gastos que as entidades terão com a definição de protocolos assistenciais específicos para enfrentar a pandemia da Covid-19 e com a contratação e o pagamento dos profissionais de saúde necessários para atender à demanda adicional”.

Assim que o plano de trabalho, desenvolvido pela gestão da Santa Casa, for concluído e aprovado pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), a Santa Casa lançará a pedra fundamental da obra, dando início ao projeto. Serão 10 leitos de UTI, que poderão beneficiar cerca de 320 mil pessoas, de 11 municípios do Baixo Sul.

“Sabemos o quanto essa UTI foi sonhada, desejada, esperada. Sabemos que essa UTI será fundamental para o tratamento de milhares de pessoas. Estamos muito emocionados com tudo isso.”, disse o provedor Marcelo Cabral.

Compartilhar