O deputado estadual Sandro Régis (DEM) deve ser o novo líder da bancada de oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), em lugar de Targino Machado (DEM) que anunciou nessa semana o desejo de deixar o posto. Nos bastidores, o comentário é de que Régis deve ser conduzido ao cargo por consenso do grupo. Targino deixará a liderança por três razões.

A primeira é porque pretende disputar a prefeitura de Feira de Santana. O ainda líder da minoria tem dito que há um clamor da sociedade feirense pela sua candidatura. A grande dúvida é se o DEM vai lançar postulante mesmo com o atual prefeito Colbert Martins (MDB) desejando ter o apoio dos democratas. O emedebista assumiu o Executivo em 2018 após o então titular José Ronaldo (DEM) renunciar para brigar pelo governo da Bahia.

“Eu e José Ronaldo estamos juntos, estamos trabalhando juntos. Vamos ganhar a eleição juntos. Nós construímos uma equipe muito forte. Temos um grupo muito forte e a unidade é que vai nos levar para a vitória. Não tenho dúvidas que estaremos juntos, porque para Feira de Santana é o mais importante”, disse Colbert Martins, em vídeo divulgado no Youtube.

Em conversa reservada, um integrante da cúpula do DEM disse que uma pesquisa divulgada, em agosto do ano passado, “não foi boa para Colbert” e “abre espaço para a procura de nomes alternativos”. A avaliação é de que, caso o prefeito feirense não decole, será preciso ter opções. Além de Colbert e Targino, a deputada federal Dayane Pimentel (PSL), que integra o grupo liderado pelo prefeito ACM Neto (DEM), também almeja ser candidata ao Executivo da Princesinha do Sertão.

A segunda razão para Targino deixar a liderança é a crítica da bancada à condução do deputado. Os liderados avaliaram que o atual líder usou o cargo em benefício do próprio mandato e não em pró-grupo. O entendimento é de que Targino teve uma postura “personalista” no posto. O terceiro motivo é que havia um acordo prévio de rodízio na liderança. E já estaria prevista a permanência do deputado no cargo por apenas um ano.

Compartilhar