Em Salvador, os eventos com mais de 1.200 pessoas podem continuar acontecendo, desde que na data de ocorrência “o percentual de ocupação de leitos de UTI Covid adulto esteja em patamar igual ou inferiro a 60%”, informa o diário oficial do município nesta segunda-feira, 25. No caso de jogos de futebol, esta alteração não se aplica. Nestes cenários, os protocolos devem observar o setor.

Também é alterada a execução de música ao vivo, que deve obedecer à intensidade máxima do som conforme a Lei Municipal nº 5354/1998, lei que regula os níveis de áudio, atribuindo faixas para cada horário no dia. No caso de centros e espaços de convenções, os eventos devem obedecer à ocupação de até 75% da capacidade local.

Compartilhar