A Concessionária do Aeroporto Salvador Bahia, subsidiária da Vinci Airports, e o Banco do Nordeste (BNB) anunciaram nesta quinta-feira (28) um acordo para um financiamento de R$ 516 milhões para a primeira fase das obras de ampliação e modernização do equipamento, que tem previsão de conclusão para outubro de 2019.

O contrato será assinado nesta sexta-feira (29), às 10h30, em uma cerimônia no auditório do aeroporto, com a presença das principais autoridades regionais e aeroportuárias, além de executivos da Vinci Airports e do Banco do Nordeste, incluindo Romildo Carneiro Rolim, presidente do BNB, e Julio Ribas, CEO da Concessionária do Aeroporto Salvador Bahia.

O prazo do financiamento é de 20 anos. Esse será o primeiro financiamento integral sem garantia específica (do tipo non-recourse) do setor aeroportuário do Brasil.

A Vinci Airports assumiu oficialmente as operações do Aeroporto Salvador Bahia no dia 2 de janeiro de 2018, por um período de concessão de 30 anos. A primeira fase das obras de expansão e modernização do equipamento foi iniciada no dia 19 de abril de 2018 e inclui trabalhos de ampliação e adequação da infraestrutura da área das aeronaves, construção de uma nova área de embarque (+20.000 m2) e renovação do terminal de passageiros existente.  O investimento total no aeroporto durante a concessão de 30 anos deve chegar a R$ 1,5 bilhão.

O financiamento será concedido com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) e será uma das maiores operações do Banco do Nordeste na região em 2018.

“O banco dispõe de R$ 30 bilhões em recursos do FNE, sendo R$ 14,5 bilhões para projetos nas áreas de logística, água e saneamento, transporte e energia. As obras de expansão e modernização do Aeroporto Salvador Bahia não apenas gerarão novos empregos, mas contribuirão para o contínuo desenvolvimento da economia baiana”, destaca o presidente do Banco do Nordeste, Romildo Carneiro Rolim.

Compartilhar