Os últimos dias foram de muitos gols, torcidas vibrando com seus times e até comemorações de títulos na Europa. Quase um fim de semana normal. Com o futebol de volta em nove países desde a última quinta-feira, a maioria no Leste Europeu, o continente já soma 13 retornos às competições, e outros sete na fila para recomeçar – dois esta semana.

Gol da vitória do Diósgyor, jogo com torcida pelo Campeonato Húngaro — Foto: Reprodução/Youtube

Gol da vitória do Diósgyor, jogo com torcida pelo Campeonato Húngaro — Foto: Reprodução/Youtube

A pandemia de Covid-19, que parou o futebol no mundo no início de março, ainda se faz sentir em campo, nos rigorosos protocolos de segurança sanitária seguidos por jogadores e todos os demais envolvidos nos jogos, e nas arquibancadas ainda vazias. Mas pelo menos em um país, o “novo normal” está um pouco mais próximo da antiga realidade: na Hungria, os cinco jogos do fim de semana tiveram torcedores nos estádios.

Não chegou a ser caso de arquibancadas lotadas – o governo da Hungria permitiu a entrada de um número limitado de pessoas, com obrigação de distanciamento e uso de máscaras, regras que não parecem ter sido seguidas à risca, a julgar pelas fotos divulgados pelos clubes. O jogo que recebeu mais público, a vitória por 1 a 0 do Diósgyor sobre o Mezokovesd-Zsóry no sábado, levou 2.255 torcedores ao Estádio Diósgyori, menos que os três mil permitidos, e muito menos que a capacidade total, de 15 mil pessoas.

Veja os melhores momentos do jogo, publicado no canal oficial do Diósgyor (o som da torcida NÃO É fruto da tecnologia da transmissão):

Nos outros jogos, o público também foi pequeno: 820 para Kisvárda 1 x 0 Újpest e 600 para Paksi 0 x 0 Fehérvár, ambos também no sábado; 700 para Honvéd 3 x 1 Debrecen, e 600 no Puskás 1 x 1 Ferencvaros. Pouca torcida, mas com imenso valor simbólico. Inclusive para os resultados: os cinco mandantes saíram invictos no fim de semana, com três vitórias e dois empates.

PROTESTOS POLÍTICOS NA BUNDESLIGA

Já no Campeonato Alemão, único entre os principais da Europa a já ter retornado na pandemia de Covid-19, os times da casa parecem não ter ainda encontrado a fórmula para vencer sem apoio da torcida. Na rodada do fim de semana, apenas três dos oito jogos tiveram vitória do mandante – a rodada terminará nesta segunda-feira, com Colônia x RB Leipzig.

Com quatro rodadas já disputadas desde o retorno da competição, a Bundesliga vem se tornando exemplo de que torcida faz diferença: foram apenas oito vitórias dos donos da casa nas 35 partidas disputadas até agora. Os jogos permanecerão com portões fechados até o fim da temporada, na Alemanha e em praticamente todos os demais países europeus.

Marcus Thuram Borussia Mönchengladbach Union Berlin — Foto: Getty Images

Marcus Thuram Borussia Mönchengladbach Union Berlin — Foto: Getty Images

Um dos mandantes que conseguiram vencer neste domingo foi o Borussia Mönchengladbach, terceiro colocado no Alemão: 4 a 1 no Union Berlin. E se não havia torcida no Borussia Park, o atacante francês Marcus Thuram mandou seu recado para o mundo. Autor de dois gols, ele se ajoelhou no gramado na hora de comemorar, em apoio aos protestos antirracismo que tomam conta dos Estados Unidos contra a morte do negro George Floyd, assassinado há uma semana por um policial branco em Minneapolis.

Também neste domingo, na goleada do Borussia Dortmund por 6 a 1 sobre o Paderborn, fora de casa, o inglês Jadon Sancho fez três gols e também mandou sua mensagem política na camiseta embaixo do uniforme: “Justiça para George Floyd”, escreveu em inglês.

“Meu primeiro hat-trick como profissional. Um momento pessoal ambíguo, já que há coisas mais importantes acontecendo no mundo hoje que precisamos enfatizar e ajudar a fazer a mudança. Temos que estar juntos e lutar por justiça. Somos mais fortes juntos!”, escreveu Sancho depois do jogo no Twitter.

Em outro jogo da rodada na Bundesliga, o líder Bayern de Munique atropelou o Fortuna Düsseldorf por 5 a 0, e garantiu a manutenção dos sete pontos de vantagem sobre o Borussia Dortmund. Na contagem regressiva para o oitavo título seguido, precisa somente de duas das cinco rodadas restante, se o vice-líder tropeçar.

Os gols de Bayern de Munique 5 x 0 Fortuna Dusseldorf pelo Campeonato Alemão

TÍTULOS NA ÁUSTRIA E NA SÉRVIA

Mas em outros países o futebol já voltou com festa de título. A decisão da Copa da Áustria marcou a volta do futebol no país, com o RB Salzburg levantando a taça na sexta-feira após golear o Austria Lustenau, da terceira divisão, por 5 a 0.

Também na sexta-feira, o Estrela Vermelha conquistou com antecedência o tricampeonato sérvio logo na rodada de retorno do campeonato nacional. Ao golear o Rad por 5 a 0, pela 27ª rodada, o Estrela Vermelha abriu 14 pontos sobre o rival Partizan e não pode ser mais alcançado na tabela. A comemoração do título, pelo visto nas imagens divulgadas pelo clube, não teve muitas preocupações sanitárias.

A bola voltou a rolar quinta-feira na Dinamarca, que inovou com drive-in fora do estádio e telões na arquibancada para a torcida ver o jogo e torcer “de verdade”.

Clube da Dinamarca inova ao colocar torcida virtual no estádio
Clube da Dinamarca inova ao colocar torcida virtual no estádio

Na sexta, além de Sérvia e Áustria, também teve volta do futebol na Polônia. No sábado, voltaram Ucrânia, Israel, Lituânia, Montenegro e Croácia – esta apenas com a Copa, por enquanto.

Outros países terão seus campeonatos de volta esta semana. Terça-feira, será a vez do Campeonato Austríaco, e no dia seguinte, do Campeonato Português. Na sexta, recomeçarão os campeonatos Búlgaro e Croata. Na sequência, virão Espanha (11 de junho), Noruega (16), Suíça (19), Itália (20) e Rússia (21).

Confira o calendário de retorno das ligas europeias:

  • Ilhas Faroe – voltou dia 9 de maio
  • Alemanha – voltou dia 16 de maio
  • Hungria – voltou dia 23 de maio
  • República Tcheca – voltou dia 23 de maio
  • Dinamarca – voltou dia 28 de maio
  • Sérvia – voltou dia 29 de maio
  • Polônia – voltou dia 29 de maio
  • Áustria – a Copa voltou dia 29 de maio, e o campeonato retornará dia 2 de junho
  • Ucrânia – voltou dia 30 de maio
  • Israel – voltou dia 30 de maio
  • Lituânia – voltou dia 30 de maio
  • Montenegro – voltou dia 30 de maio
  • Croácia – a Copa voltou dia 30 de maio, e o campeonato retornará dia 5 de junho
  • Portugal – retornará dia 3 de junho
  • Bulgária – retornará dia 5 de junho
  • Espanha – retornará dia 11 de junho
  • Noruega – retornará dia 16 de junho
  • Suíça – retornará dia 19 de junho
  • Itália – retornará dia 20 de junho
  • Rússia – retornará dia 21 de junho
  • França – encerrou a temporada, com o PSG campeão
  • Bélgica – encerrou a temporada, com o Brugge campeão
  • Escócia – encerrou a temporada, com o Celtic campeão
  • Holanda – encerrou a temporada, sem declarar um campeão
Compartilhar