“Os Impactos do Projeto de Requalificação da Orla do Bairro de Stella Maris” foi tema de uma audiência pública realizada pela Ouvidoria da Câmara Municipal de Salvador (CMS) nesta quinta-feira, 9. O encontro, mediado pelo vereador e ouvidor-geral da CMS, Augusto Vasconcelos (PCdoB), foi resultado de uma visita técnica e reunião com os moradores de Stella Maris e Praia do Flamengo.

Segundo a Ouvidoria, após a visita a localidade foi “constatada a devastação de uma área de restinga, sem manejo adequado da fauna, devido a uma obra capitaneada pela Prefeitura da cidade”. Ainda de acordo com as informações, a pauta ambiental tem sido recorrente dentre as centenas de solicitações recebidas pelo setor.

“Temos buscado com que essas demandas da população cheguem ao poder público e estamos acompanhando o desdobramento de cada uma delas. Nenhum cidadão que procura a Ouvidoria da Câmara fica sem resposta. Nosso papel é fazer essa intermediação, ecoando a voz da comunidade visando à melhor solução possível”, explicou o vereador.

Durante o encontro, os participantes reforçaram a preocupação com a situação em Stella Maris, afirmando que o cenário de devastação é alarmante. Geólogos, oceanógrafos, biólogos e outros especialistas que se pronunciaram no evento apontaram as severas consequências ambientais para o bairro.

Representantes da Superintendência de Patrimônio da União, do Ministério Público, a presidente da Frente Parlamentar Mista Ambientalista, vereadora Maria Marighella (PT), estiveram entre os convidados do evento.

Compartilhar