A rainha Elizabeth 2ª, da Inglaterra, está de mudança. Ela deixará de morar no tradicional Palácio de Buckingham.

Atualmente, Elizabeth 2ª está em período de férias, quando costuma já passar um tempo fora de Londres. A rainha está em Balmoral, na Escócia, e retornaria à capital inglesa em outubro.

A opção foi fazer do Castelo de Windsor a nova residência real. Segundo o The Times, a rainha não volta a “Buckingham por um bom tempo”. A expectativa é de que ela fique em Windsor, como residência e ambiente de trabalho, pelo menos até a pandemia do coronavírus amenizar.

Windsor já havia sido o local escolhido por ela e pelo marido, o príncipe Philip passarem a quarentena. A cidade fica a cerca de uma hora de carro de Londres.

Com a decisão, esse será o maior período do reinado de 68 anos de Elizabeth que ela passa afastada de Buckingham — e sem previsão de retorno.

Entre os outros integrantes da família real — além de Harry e Meghan Markle, que foram morar nos Estados Unidos —, outros também escolheram sair de suas residências reais. O príncipe Charles e Camilla estão morando na Escócia, e o príncipe William está em uma residência em Norfolk, com Kate Middleton, e os filhos George, Louis e Charlotte.

Compartilhar