Na hora de planejar uma viagem, muitas pessoas que têm animal de estimação enfrentam uma dúvida cruel: onde deixar o bichinho?

Nem todo mundo sabe, mas, no Brasil, existem diversos hotéis e resorts que aceitam cães e gatos.

Além de permitir a presença de mascotes, muitos destes estabelecimentos oferecem ampla infraestrutura para que eles se entretenham tanto quanto os seus donos durante a estadia.

A seguir, conheça dez hotéis “pet friendly” que operam no país (todos os preços citados estão sujeitos a alterações).

Four Seasons Hotel São Paulo – São Paulo (SP)

Mimos do Four Seasons Hotel São Paulo, em São Paulo - Divulgação

Mimos do Four Seasons Hotel São Paulo, em São Paulo

Imagem: Divulgação

Localizado na capital paulista, o hotel ocupa um edifício de 29 andares, tem seu interior decorado por esculturas do aclamado artista pernambucano Francisco Brennand e possui academia, spa e um total de 258 acomodações.

Cachorros e gatos são aceitos (via de regra, no limite de um animal pesando até 11 quilos por acomodação).

“Os animais podem circular na coleira com o dono nas nossas áreas comuns. Temos restrição no restaurante Neto e no Bar Caju [que fazem parte do complexo], onde os animais podem ficar apenas na varanda aberta”, informa o hotel. “Além disso, quando informada que um pet estará hospedado no Four Seasons Hotel São Paulo, nossa equipe prepara uma caminha com potinhos para água e ração para ele”.

Não há custo adicional para a estadia do mascote na acomodação junto com o dono.

Mais informações no site oficial.

Le Canton – Teresópolis (RJ)

Hóspede canino no Le Canton, em Teresópolis - Divulgação

Hóspede canino no Le Canton, em Teresópolis

Imagem: Divulgação

O resort se encontra cercado pelas paisagens da Serra dos Órgãos e é muito frequentado por famílias, oferecendo estrutura com cinco piscinas climatizadas, lago para pescaria e até um parque de diversões coberto.

O estabelecimento aceita pets de até 15 quilos (no limite de um animal por acomodação).

O bicho deve chegar no colo do dono ou em uma bolsa – e é permitido circular com ele pela área do gramado do resort (e com coleira). E, nas acomodações, o mascote recebe um kit que inclui caminha e pote para ração. Além disso, sua carteira de vacinação deve estar em dia.

A estadia do pet custa R$ 56 por dia.

Mais informações no site oficial.

Hotel Village Montana – Socorro (SP)

Hotel Village Montana, em Socorro - Divulgação

Hotel Village Montana, em Socorro

Imagem: Divulgação

A aproximadamente 140 quilômetros da cidade de São Paulo, o local conta com piscinas e 40 acomodações com vista panorâmica para as paisagens da Serra da Mantiqueira.

São aceitos animais de estimação que não tenham mais do que 10 quilos.

Há um limite de dois mascotes por cada acomodação: eles podem circular por áreas comuns do hotel, exceto na parte das piscinas, bar e restaurante.

Custa R$ 50 a diária da estadia de cada pet.

Mais informações no site oficial.

La Torre Resort All Inclusive – Porto Seguro (BA)

La Torre Resort All Inclusive, em Porto Seguro  - Divulgação

La Torre Resort All Inclusive, em Porto Seguro

Imagem: Divulgação

Além de ter seis piscinas e trabalhar com sistema de hospedagem all-inclusive (que inclui bebidas e alimentação no preço da hospedagem), o resort na praia do Mutá, em Porto Seguro, na Bahia.aceita animais de estimação.

“São permitidos até dois cães ou gatos de pequeno ou médio porte por reserva”, informa o La Torre. “Na hora do check-in, é preciso apresentar carteira de vacinação atualizada e efetuar o pagamento da taxa de estadia do animal, no valor de R$ 100 por dia”.

Além disso, o hóspede acompanhado de animal de estimação terá que reservar as acomodações das categorias Family ou Vila.

Os mascotes têm livre acesso a determinadas áreas do resort (sempre no colo do dono ou em coleira), mas não podem ir a locais como a praça de alimentação, bares, restaurantes, áreas de piscina e áreas de entretenimento infantil.

Para mais informações sobre regras da estadia do animal, acesse o site oficial.

Prodigy Gramado – Gramado (RS)

Hóspede canino do Prodigy Gramado  - Divulgação

Hóspede canino do Prodigy Gramado

Imagem: Divulgação

A opção de hospedagem na turística cidade gáucha aceita cães pesando até 15 quilos (e só um animal por acomodação).

Os pets podem circular, na coleira ou no colo do dono, em diversos espaços do hotel, exceto nas áreas de alimentos, bebidas e de lazer (como piscina e academia).

Nos apartamentos, são colocados itens como potes para ração e água, guia com informações úteis para quem viaja com animal, sacos de resíduos e tapete higiênico. E a carteira de vacinação do bicho deve estar em dia.

A estadia do animal custa R$ 100 mais 3% de ISS por noite.

Mais informações no site oficial.

Yoo2 Rio de Janeiro – Rio de Janeiro (RJ)

Yoo2 Rio de Janeiro  - Divulgação

Yoo2 Rio de Janeiro

Imagem: Divulgação

O descolado hotel localizado na Praia de Botafogo conta com uma piscina de cobertura que propicia vistas para o Pão de Açúcar, a Baía de Guanabara e o Cristo Redentor.

O estabelecimento tem 143 acomodações, muitas delas também com vistas incríveis para a capital fluminense.

Com permanência restrita aos apartamentos, são aceitos gatos e cães com até 35 centímetros de altura e 15 quilos, com limite de um animal por acomodação. Os pets precisam estar em coleiras, no colo dos donos ou em compartimentos de transportes de animais ao passar pelas áreas comuns do hotel.

Na acomodação, podem ser disponibilizados caminha, potinhos para água e ração, além de tapete higiênico. E é necessário apresentar carteira de vacinação em dia do animal.

A estadia do pet custa R$ 100 por diária.

Mais informações no site oficial.

Belmond Copacabana Palace – Rio de Janeiro (RJ)

Belmond Copacabana Palace, no Rio de Janeiro  - Divulgação

Belmond Copacabana Palace, no Rio de Janeiro

Imagem: Divulgação

Outro hotel carioca que aceita pets é uma das mais icônicas instituições turísticas do Rio de Janeiro.

No local, são permitidos cachorros ou gatos pesando até 5 quilos – e eles só podem circular em determinadas áreas abertas do hotel (e no colo de seus donos).

Há o limite de um bicho por acomodação. Dentro dos apartamentos, podem ser disponibilizados itens como caminha e pote para ração.

A presença do animal de estimação custa R$ 750 (mais taxas) por qualquer período de estadia.

Mais informações no site oficial.

Hilton São Paulo Morumbi – São Paulo (SP)

Hilton São Paulo Morumbi, em São Paulo - Divulgação

Hilton São Paulo Morumbi, em São Paulo

Imagem: Divulgação

Localizado na capital paulista, o hotel é muito frequentado pelo público corporativo, mas também recebe pessoas viajando a lazer com seus pets.

São aceitos cachorros com até 34 quilos, além de gatos.

Cada acomodação recebe até dois animais de estimação e, em seu interior, podem ser disponibilizados itens como caminhas, tapete higiênico e potinhos para água e ração.

Os bichos têm permissão para circular, com coleira, em algumas áreas comuns do hotel, como o lobby e o terraço do restaurante Armazém.

A taxa de estadia de cada animal custa R$ 160.

Mais informações no site oficial.

Hotel & Golfe Clube dos 500 – Guaratinguetá (SP)

Hotel & Golfe Clube dos 500, em Guaratinguetá - Divulgação

Hotel & Golfe Clube dos 500, em Guaratinguetá

Imagem: Divulgação

O complexo turístico conta com espaços como campo de golfe de nove buracos, piscinas, quadra de tênis, campo de futebol e área para corrida e caminhada.

Parte do empreendimento é aberta para cães e gatos: lá, é possível se hospedar com um pet de até 25 quilos.

Além disso, os bichos podem passear (sempre de coleira) em áreas externas como jardim, pista de caminhada e gramados.

E nos quartos são disponibilizados itens como caminhas e compartimentos para comida e bebida dos animais.

Segundo o hotel, o cartão de vacinas do pet deverá ser apresentado pelo responsável no ato do check-in, comprovando vacinas com pelo menos 30 dias de aplicação. A taxa única de estadia de cada animal é de R$ 150.

Mais informações no site oficial.

Foz do Iguaçu – Foz do Iguaçu (PR)

Wish Foz do Iguaçu - Divulgação

Wish Foz do Iguaçu

Imagem: Divulgação

É permitido um animal – de até 15 quilos – por acomodação e, dentro do estabelecimento, existe uma área de lazer para pets.

Já nos apartamentos, são disponibilizados itens como potes para ração e água, caminha e sacolas para resíduos.

A estadia de cada cachorro custa R$ 100 mais 5% de ISS por noite. O dono precisa apresentar carteira de vacinação em dia do animal.

Mais informações no site oficial.

Compartilhar