Quase 50 mil testes rápidos para detecção do coronavírus já foram aplicados pela Prefeitura de Salvador nos bairros que passam por medidas restritivas. Desde o dia 11 de maio até esta terça-feira (23), a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) aplicou 48.446 testes em mais de 25 localidades, contabilizando 8.922 pessoas diagnosticadas com a doença – o que representa 18,4% do total de pessoas testadas.

Salvador foi uma das capitais brasileiras a fazer uso em massa desse tipo de exame. Segundo a prefeitura, os testes têm sido um importante meio para avaliação da circulação viral na cidade, possibilitando identificar e encaminhar de imediato ao isolamento as pessoas infectadas, minimizando o risco de disseminação do vírus e salvado vidas.

Atualmente, a testagem rápida acontece nos bairros de Beiru/Tancredo Neves, Fazenda Grande do Retiro, Paripe, Federação, Engenho Velho da Federação, Santa Cruz, São Marcos, Brotas e Engenho Velho de Brotas – onde as medidas estão em vigor. A partir desta quinta (25), o procedimento acontecerá também em São Cristóvão e Imbuí, bairros que passarão a receber medidas regionalizadas pelo prazo inicial de sete dias. A SMS disponibiliza em cada localidade 150 testes diariamente.

A iniciativa já aconteceu na Boca do Rio, Avenida Joana Angélica (Centro), Plataforma, Pituba, Lobato, Liberdade, Bonfim, Brotas, Cosme de Farias, Massaranduba, Uruguai, Periperi, Pernambués, Cabula, Itapuã, São Caetano, Sussuarana e Nova Sussuarana.

O teste
A testagem rápida ocorre de forma simples e prática e pode ser feita de duas formas: através da coleta de sangue retirada do dedo do paciente ou de secreção (swab). Técnicos da SMS fazem a triagem para identificação dos indivíduos com sintomas gripais. Logo depois, uma amostra laboratorial é recolhida e em até 30 minutos é analisada pelos profissionais.

O resultado é encaminhado ao paciente via mensagem de texto no celular. Em caso positivo, a pessoa é orientada a iniciar o isolamento domiciliar e a SMS entra em contato para realizar as devidas orientações e medidas de controle.

Nesta terça, apenas a ocupação das vagas contratualizadas pela Prefeitura para o tratamento de pacientes com coronavírus foi de 83,9% nos leitos de UTI e 82,1% nos leitos de enfermaria.

Compartilhar