O Grupo Especial de Proteção Ambiental (GEPA), da Guarda Municipal de Salvador (GMS), resgatou, nos meses de janeiro e fevereiro deste ano, quase 40 cobras na capital baiana. No ano passado, foram aproximadamente 200 cobras resgatadas.

O caso mais recente foi registrado no bairro de Cajazeiras, na última quinta-feira, 27. A serpente, que media aproximadamente 1,50 m e pesava 3,0 kg, foi encontrada no telhado da quadra de esportes de uma escola.

Outro animal, da espécie jiboia, foi localizada em um colégio no bairro do Nordeste de Amaralina, no dia 13 de fevereiro. A cobra tinha 1,5 m de comprimento e pesava 2,0 kg. O animal foi levado para o Núcleo Regional de Ofiologia e Animais Peçonhentos da Bahia – (NOAP/UFBA). A recomendação, caso alguém encontre uma serpente,  é não mexer no animal e acionar um profissional para fazer a retirada.

Compartilhar