Um grupo de criminosos promoveu um ataque no início da madrugada desta terça-feira, 1º, na cidade de Criciúma, no Sul de Santa Catarina. A quadrilha formada por homens fortemente armados provocou incêndios, bloqueou ruas e acessos à cidade.

Agências bancárias foram alvos dos bandidos. O grupo usou reféns como escudos e efetuou diversos disparos no Centro da cidade. Houve troca de tiros com a polícia. Um policial militar e um vigilante ficaram feridos.

Segundo a Polícia Civil, cerca de 30 pessoas encapuzadas participaram da ação simultânea, que durou mais de uma hora. Nenhum dos suspeitos foi preso.

Para impedir a chegada de reforços, os criminosos atearam fogo em um túnel. Após o ataque, os criminosos fugiram e abandonaram dinheiro no local. A quantia levada ainda não foi contabilizada. Os reféns foram liberados sem ferimentos, conforme informou o prefeito Clésio Salvaro (PSDB)

Compartilhar