Após a Fiocruz concluir a análise de segurança nas doses da vacina Oxford/AstraZeneca que chegaram da Índia, os profissionais das Unidades Básicas de Saúde de Salvador (UBS) começaram a ser vacinados contra o coronavirus neste domingo, 24. O secretário de Saúde, Léo Prates, ressaltou que, por enquanto, a vacina é só para profissionais da saúde que estão na linha de frente no combate à Covid-19.

“A ideia é que a gente possa vacinar o mais rápido e com a maior segurança possível garantindo que aqueles que tecnicamente são o público prioritário sejam vacinados. A adesão à vacinação tem sido muito boa, acredito que vamos conseguir avançar muito rapidamente”, disse o secretário.

Vale lembrar, que o Brasil recebeu na última sexta-feira, 22, dois milhões de doses da vacina produzidas no Instituto Serum.

Compartilhar