As chuvas ocorridas nos últimos meses na Bahia contribuíram para a recuperação de diversas barragens do estado. Os reservatórios já estão operando com volume útil em condições satisfatórias para alimentar os sistemas de abastecimento de água da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) e da Companhia de Engenharia Hídrica e Saneamento da Bahia (Cerb).

O aumento de volume das barragens em meio à pandemia do coronavírus, cria uma condição favorável para o abastecimento de água na Bahia. A Barragem de Sobradinho, maior reservatório do estado, que estava operando com 25% de volume útil em novembro do ano passado, agora opera com 84%, podendo passar dos 90% até o fim do mês de abril.

Responsável por abastecer a Região Metropolitana de Salvador (RMS) e Feira de Santana, a Barragem de Pedra do Cavalo já possui 73,22% da capacidade. Estão com volumes altos também outras barragens que abastecem Salvador e região, como Santa Helena (90,04%), Joanes I (102,11%) e Joanes II (93,85%).

Compartilhar