Por Infomoney

O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), considerado prévia do Produto Interno Bruto (PIB) da autoridade monetária, teve uma alta de 4,89% no mês de junho ante maio, revelou o Banco Central nesta sexta-feira (14), em seu segundo mês de recuperação depois da forte retração da atividade por conta da pandemia do coronavírus.

No acumulado do segundo trimestre, o indicador do BC registrou queda de 10,94%.

A recuperação ficou levemente abaixo do que o projetado pela mediana das expectativas dos economistas compilada no consenso Bloomberg, que apontava para uma alta de 5,03% na comparação mensal, depois de subir 1,31% na medição anterior.

Na comparação anual, o indicador teve queda de 7,05%. A expectativa Bloomberg era de que o indicador tivesse registrado queda de 7%, após baixa de 14,24% no mês anterior.

Compartilhar