A presença do vereador Sidninho (Podemos), líder da bancada de oposição na Câmara de Salvador, em um palanque do prefeito ACM Neto (DEM) nesta terça-feira, 3, gerou novo racha no grupo. O legislador esteve no ato de assinatura da ordem de serviço para construção de uma ligação viária entre a BR-324 e o bairro da Mata Escura.

No Legislativo, o vereador foi o relator do projeto de lei que autorizou a prefeitura a contrair o empréstimo que permitira a implantação da via. No evento, Sidninho subiu ao palanque, fez discursos e dirigiu elogios ao gestor democrata.

Nesta quarta-feira, 4, um bloco da oposição formado PCdoB, PSB e Psol divulgou nota manifestando reprovação com o gesto do líder oposicionista. “A atitude do vereador descaracteriza e fragiliza o campo oposicionista na Câmara. O vereador compromete a sua condição de líder de uma bancada de oposição”, diz o comunicado.

A nota é assinada pelos vereadores Hélio Ferreira (PCdoB), José Trindade (PSB), Marcos Mendes (Psol), Sílvio Humberto (PSB) e a vereadora Aladilce Souza (PCdoB).

Compartilhar