A Prefeitura de Salvador anunciou o nome de quatro novos secretários da gestão, na tarde desta segunda-feira (6). Conforme o órgão, antigos secretários pediram exoneração em função de projetos eleitorais.

Segundo informações da prefeitura, as mudanças envolvem as saídas dos titulares das secretarias de Cultura e Turismo (Secult), Claudio Tinoco; Trabalho, Esporte e Lazer (Semtel), Alberto Pimentel; Sustentabilidade, Inovação e Resiliência (Secis), André Fraga; e Ordem Pública (Semop), Felipe Lucas.

De acordo com o órgão, também não fazem mais parte da gestão o inspetor da Guarda Civil Municipal (GCM), Alysson Carvalho; a titular da Diretoria de Ações de Proteção e Defesa do Consumidor (Codecon), Roberta Caires; e o presidente da Companhia de Governança Eletrônica (Cogel), Alberto Braga.

As exonerações e nomeações dos substitutos foram publicadas em edição extra do Diário Oficial do Município (DOM). No caso da Cogel, que é uma empresa mista, a definição do gestor se dá via Conselho de Administração.

Vejas as mudanças nas secretarias:

  • Secult: Quem assume a pasta é ex-deputado estadual Pablo Rodrigo Barrozo, que ocupava a função de subsecretário da mesma pasta. Formado em Direito na Universidade Católica do Salvador (Ucsal) e pós-graduado em Planejamento Urbano e Gestão de Cidades (Unifacs), ele promete estreitar diálogo com setores produtivos para superar os prejuízos causados pela crise sanitária do coronavírus.
  • Semtel: O comando da Semtel passa a ser de Sildevan Nóbrega. Formado em Educação Física no Instituto Paraibano de Educação e bacharel em Direito pela Faculdade 2 de Julho, ele foi vereador nos mandatos 2005-2008 e 2009-2012. Também foi eleito deputado estadual nos mandatos 2011-2015 e 2015-2019.
  • Secis: A chefia será exercida pelo engenheiro ambiental João Resch Leal, que atuava como subsecretário da pasta. Pós-graduado em Engenharia de Segurança do Trabalho e especialista em Gerenciamento de Resíduos Sólidos Socialmente Integrado, Resch iniciou carreira na Prefeitura em 2013 como diretor-geral de Ecologia Urbana da Secretaria Cidade Sustentável. Na segunda gestão do prefeito ACM Neto, ele foi convidado para assumir a subsecretaria da Secis, cargo que exerceu até o início deste mês. Participou de diversos projetos e atuou diretamente na elaboração de projetos como o IPTU Verde, Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa de Salvador e a implantação da Coleta Seletiva.
  • Semop: A secretaria passa a ser gerida, novamente, por Marcus Vinicius Passos, que também seguirá à frente da presidência da Empresa de Limpeza Urbana (Limpurb), acumulando as duas funções. Marcus foi titular da pasta entre janeiro de 2017 e fevereiro de 2019. Ele é formado em Administração de Empresas e pós-graduado em Gestão Pública e Empresarial. Trabalhou por 18 anos no sistema bancário, de 2013 a 2016, e também atuou na diretoria Financeira da Câmara de Vereadores.
  • Guarda: O novo inspetor da GCM é Marcelo Silva. Há dois anos e meio ela era gerente de Operações da corporação, realizando atividades relevantes para o bom funcionamento da instituição. É graduado em Licenciatura Plena em Educação Física (Ucsal), com pós-graduação em Exercícios Físicos Aplicado à Reabilitação Cardíaca e Grupos Especiais, além de ser bacharel em Direito pela Universidade Social da Bahia.
  • Cogel e Codecon: Na Cogel, a presidência passa a ser exercida por Cláudio Maltez, que atuava a função de diretor Técnico de Infraestrutura da companhia. Já o novo nome para a presidência da Codecon será anunciado nos próximos dias.
Compartilhar