Termômetro de sua popularidade nos EUA, o futebol abriu espaço nas grades das TVs americanas e, apontam seus executivos, duela com esportes “medalhões” pela quinta posição na lista de prioridades das emissoras.

“[Na ESPN] o futebol disputa com automobilismo e hóquei no gelo o quinto lugar entre nossas prioridades”, diz Freddy Rolón, vice de negócios e programação da ESPN Deportes, braço da emissora dirigida ao público latino. “E isso seria impensável há sete, quatro anos”, completa.

“Veja”, diz Rolón, enquanto gesticula em direção aos monitores de TV em sua sala em Bristol, onde fica a sede da ESPN, ao mostrar que três emissoras exibiam futebol, entre jogos da liga nacional, a MLS, torneios europeus e outros internacionais.

“Na lista dos dez esportes mais populares [nos EUA], o futebol ocupa uma posição no meio”, diz David Nathanson, gerente-geral e chefe de operações da Fox Sports 1.

“Torneios de futebol exibidos pela Fox Sports aqui [nos EUA] vem quebrando sucessivos recordes de audiência.”

O “soccer” já conquistou espaço até na TV aberta ABC.

14286690

Nathanson define como “significativo” o investimento financeiro do canal, entre a aquisição dos direitos da MLS e jogos internacionais.

A audiência surpreendeu este ano durante a Copa.

Se forem consideradas as audiências combinadas de ESPN e Univision (canal de língua espanhola nos EUA), EUA x Portugal foi acompanhada por público de quase 25 milhões de americanos.

Trata-se de público superior ao da média individual das partidas da final da NBA.

Na média, cada um dos jogos da decisão da liga de basquete foram assistidos por 15,5 milhões de americanos.

A questão demográfica, com o influxo de latinos nos EUA, segundo Rolón, é uma das razões para o aumento do interesse pelo futebol no país.

Um outro diretor da ESPN, Robert Mills, acrescenta outro fator que explica a popularidade do futebol: aqueles que praticaram o esporte na escola quando criança agora cresceram, entendem as regras e lotam estádios, como o do Seattle Sounders.

Não é só a audiência que mostra evolução do “soccer”.

Nathanson aponta que, na temporada 2012/13, aproximadamente 49,5 mil americanos praticaram futebol na universidade –evolução de 13% em relação a 2006.

E pesquisa do instituto Gallup em 2012 nos EUA mostrou que 19% dos entrevistados se identificaram como fãs do fu tebol, contra 13% seis anos antes –crescimento de 50%.

MLS EM NÚMEROS

AUDIÊNCIA

Embora não repitam o jogo EUA x Portugal na Copa, que foi mais assistido que as finais da NBA, partidas da MLS tiveram audiência média de 174 mil pessoas na última temporada, aumento de 6% em relação à edição anterior

TIMES NA MLS

19 equipes disputam a liga, em comparação aos dez times que participaram da edição inaugural, em 1996

PÚBLICO

O público dos jogos da MLS aumentou de 2,8 milhões para mais de 6 mi desde 1996

Compartilhar