A Polícia Federal cumpriu, nesta quinta-feira (08), mandado de busca contra um professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia Campus Barreira. O alvo é acusado de assédio sexual e moral contra alunas do instituto. De acordo com uma publicação no site do Ifba, 17 casos de assédio foram renunciados entre 2015 e abril de 2020, com ocorrência em 11 dos 22 campi da instituição.

O professor também é investigado pelo crime de coação ao curso do processo administrativo disciplinar, ou seja, usar de violência ou grave ameaça para favorecimento próprio.

Durante as buscas, a polícia apreendeu o celular do investigado, no qual foram encontrados indícios de materialidade dos crimes.

Compartilhar