A Polícia Federal na Paraíba cumpre 34 mandados de busca e apreensão e 18 de prisão com o objetivo de reprimir a ação de quadrilhas voltadas para o tráfico de drogas com atuação em Paraíba, Pernambuco, Bahia, Paraná, Mato Grosso do Sul, bem como no Distrito Federal. A Operação Aratu investiga os grupos criminosos há dois anos.

A PF apreendeu, durante o período de investigação, diversos carregamentos de drogas e armas de fogo de grosso calibre. Também foram descobertas informações que ajudaram na apuração de crimes como homicídio e sequestro.

Estão sendo cumpridos 34 mandados de busca e apreensão nos estados da Paraíba, Bahia, Paraná, Mato Grosso do Sul, bem como no Distrito Federal, além dos 18 mandados de prisão na Paraíba, Bahia, Pernambuco e no Distrito Federal.

Um mandado de busca e apreensão foi cumprido no bairro de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, em Pernambuco.

Participam dessa fase da investigação 200 policiais federais. De acordo com a PF, os investigados devem ser indiciados pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas e posse ou porte de arma de fogo de uso restrito.

Compartilhar