Pelé aparece em uma lista divulgada pela revista “Forbes” nesta quarta-feira (30) com os ex-atletas mais bem pagos de 2015.

O ex-jogador faturou US$ 14 milhões no ano passado (cerca de R$ 50,5 milhões) principalmente com viagens pelo mundo, onde representou grandes empresas. A cirurgia no quadril que precisou fazer diminuiu o ritmo dos compromissos, mas não impediu que ele figurasse entre os aposentados mais lucrativos do esporte.

pele

A revista destacou os Jogos Olímpicos do Rio e o filme “Pelé: o Nascimento de uma Lenda”, que estreia em abril no Festival de Tribeca, como fatores de exposição do craque.

O ex-atleta que mais faturou no ano passado foi Michael Jordan, lenda do Chicago Bulls que hoje é dono do Charlotte Hornets, também da NBA. A marca dele em parceria com a Nike aumentou 14% suas vendas em 2015. Além dela, seus contratos com outras empresas ajudaram a totalizar US$ 110 milhões de faturamento.

De acordo com a revista, este ano Jordan ganhará mais do que qualquer atleta, aposentado ou em atividade.

O ex-jogador inglês David Beckham é o segundo da lista, com US$ 65 milhões.

Quatro ex-golfistas integram o seleto grupo: Arnold Palmer, Jack Nicklaus, Gary Player e Greg Norman. Ex-atletas da NBA são mais três: Junior Bridgeman, Shaquille O’Neal e Ervin “Magic” Johnson. A NFL, liga de futebol americano, conta com dois representantes: Jerry Richardson e Michael Strahan.

Roger Penske representa os ex-pilotos, e a chinesa Na Li, que se aposentou há dois anos e é uma estrela televisiva em seu país, o mundo do tênis.

Os 14 ex-atletas são de seis países diferentes (EUA, Inglaterra, Austrália, África do Sul, Brasil e China) e têm idades que variam entre 34 e 86 anos.

Compartilhar