O general Eduardo Pazuello foi efetivado como ministro interino da Saúde pelo presidente Jair Bolsonaro. A nomeação foi publicada no Diário Oficial da União, nesta quarta (3).

Pazuello estava no cargo desde o dia 15 de maio, como ministro substituto. Ele assumiu após o pedido de demissão do oncologista Nelson Teich. Até então, o general era o secretário-executivo da pasta.

Compartilhar