Por Tiago Netto

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta quinta-feira (30) que o período de quarentena em razão da pandemia de covid-19 deve ser aproveitado pelo Congresso Brasileiro para debater reformas estruturantes, logo após a definição de todas as medidas emergenciais contra o coronavírus.

Segundo o portal R7, a fala se deu em reunião virtual entre o ministro e parlamentares da Comissão Mista de Medidas Relacionadas ao Coronavírus no Senado, que foi transmitida pelo YouTube. Segundo o ministro, o país depende dessas reformas para sair da crise que acomete as economias pelo mundo.

“Podemos usar nosso período de quarentena para implementar as reformas. Assim que nós terminamos as medidas emergenciais, meu pedido é nos retomarmos o nosso horizonte de investimento e as nossas reformas estruturais. Disso depende a velocidade de fuga nossa desse colapso econômico que está havendo no mundo todo. Acredito que o Brasil vai surpreender”, disse o ministro.

Guedes chamou a atenção para as reformas de setores da economia em debate nas Casas, como os marcos regulatórios dos setores de petróleo e gás, de infraestrutura, e de saneamento.

A aprovação de cada um deles poderia representar a injeção de R$ 100 bilhões na economia nacional, segundo o ministro, que entende que os recursos devem partir da iniciativa privada, por meio concessões e privatizações, uma vez que o estado brasileiro está “quebrado”.

Com informações do Conexão Política

Compartilhar