Com o foco em melhor informar a sociedade e orientar tecnicamente sobre o porte e posse de arma de fogo, que parlamentares armamentistas seguem por todo o Brasil atuando com os devidos direcionamentos sobre o assunto. Em solo baiano, o deputado estadual Capitão Alden, principal defensor da pauta armamentista na Bahia, desenvolve o “Pátria Armada Brasil”, a iniciativa consiste em ações diversas direcionadas para debate sobre assuntos relacionados à prática de tiro, instruções sobre conceitos técnicos e ações com armas de fogo em ambientes apropriados.

Na próxima quarta-feira (28), o deputado Bolsonarista, realizará a terceira edição do “Primeira Experiência de Tiro”, a atividade será direcionada para Conservadores e pessoas que aprovam a pauta armamentista. As pré-inscrições podem ser feitas através do seguinte site: https://www.deputadocapitaoalden.com.br/

De acordo com o deputado estadual Capitão Alden, a discussão quanto ao porte e posse de arma de fogo para os cidadãos de bem ainda gera polêmicas, pois políticos alinhados ao discurso de Esquerda e os segmentos da sociedade defensores do “Estatuto do Desarmamento” sustentam a narrativa que a violência estaria associada ao uso de armas. “Temos que trabalhar contra a desinformação gerada pela Esquerda. O ‘Estatuto do Desarmamento’ só fez tirar a possibilidade do pai e mãe de família pudessem se defender, mas para o marginal nada mudou, pois o bandido não usa arma registrada”, comenta Alden.

Para o parlamentar, não basta apenas afirmar que defende a pauta armamentista, mas tem que de fato realizar ações reais que fortaleçam a temática. “Pretendo cada vez mais promover mais ações do ‘Pátria Armada Brasil’, pois só assim teremos um povo mais atento a seus direitos e principalmente sua liberdade e legítima defesa. Um povo armado jamais será escravizado”, pontua Alden.

Compartilhar