Equipes das polícias Civil e Militar prenderam 12 pessoas, na manhã desta quinta-feira (11), suspeitas de incendiar três ônibus e um caminhão de lixo na cidade de Eunápolis, no sul da Bahia, nos meses de outubro e dezembro de 2020.

A maioria dos presos foi capturada nas cidades de Eunápolis e Ilhéus, contudo um deles foi encontrado em Monte Mor, interior de São Paulo.

Segundo a polícia, as investigações apontaram que os incêndios foram ordenados por líderes de uma facção criminosa de Eunápolis, responsável por tráfico de drogas, roubos e homicídios na região. Os incêndios tinham como objetivo inibir as ações da polícia nos locais.

Em 26 de dezembro, o serviço de transporte público foi interrompido na cidade. A empresa responsável pelo serviço relatou prejuízo com os crimes e citou falta de subsídio da prefeitura. Os veículos voltaram a circular mais de um mês depois.

De acordo com a Polícia Civil, o principal suspeito de ser mandante dos incêndios é um homem identificado como “Bode”, que foi preso no interior paulista. Ele estava preso no Conjunto Penal de Eunápolis e ordenava os crimes do interior do presídio.

A ele foi concedida saída temporária da penitenciária, em outubro do ano passado, mas ele não retornou. Após ser preso nesta quinta, ele foi reconduzido para Eunápolis, onde vai responder pelos crimes.

Outro homem preso na operação é conhecido como “Orêa”. Ele foi flagrado na manhã desta quinta-feira em posse de duas armas de fogo na cidade de Ilhéus. Segundo a polícia, o homem era responsável por repassar as ordens de Bode e determinar a queima dos veículos e outras ações criminosas.

Ainda confirme a polícia, eles chegaram a cogitar incendiar oito ônibus em 26 de dezembro de 2020, mas os veículos foram retirados de circulação. Não conseguindo destruir os ônibus, o grupo incendiou um caminhão de lixo que fazia a coleta na cidade.

Durante a operação desta quinta, a polícia encontrou também 25 quilos de drogas, sete armas de fogo e cerca de R$ 60 mil em espécie.

Drogas, armas e dinheiro foram presos com suspeitos envolvido de incêndio a ônibus em Eunápolis — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Drogas, armas e dinheiro foram presos com suspeitos envolvido de incêndio a ônibus em Eunápolis — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Compartilhar